Osvaldo ressalta qualidades éticas e morais que levaram Mandela à história

PTB Notícias 13/12/2013, 15:54


O senador Osvaldo Sobrinho (PTB-MT) homenageou o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela afirmando que seu exemplo de vida e seu legado de valores ético e morais o equiparam em importância ao papel desempenhado por Gandhi e Martin Luther King na história da humanidade.

Em discurso no plenário do Senado, na quinta-feira (12/12/2013), Sobrinho lembrou que Mandela foi um pacifista visceral, um ardoroso defensor do diálogo e da ponderação, mesmo diante da intolerância do odioso sistema racista do apartheid, que relegou a imensa maioria negra à condição de “coisa”.

Em sua avaliação, a força moral do líder sul-africano e inexcedível capacidade de ponderação decorriam de sua sensibilidade inata para fundir os princípios ocidentais de honra, propriedade, da virtude, assimilados em escolas britânicas impostas pelo governo segregacionista, com as tradições tribais de dignidade, altivez, compreensão intuitiva e precoce da precariedade do ser humano.

“Não há qualquer dúvida de que somente a estrutura moral de Mandela, seu discurso conciliador e sua absoluta fé no diálogo foram capazes de assegurar que a transição na África do Sul se cumprisse sem o banho de sangue que os áulicos da dominação branca tanto temiam como vingança da maioria negra tão longamente segregada”, afirmou Sobrinho.

Como nenhum outro líder, disse o senador, Nelson Mandela, pelas suas extraordinárias qualidades de ser humano e de estadista inspirou, conduziu e consolidou um movimento de liberdade nacional de dimensão e complexidade sem paralelo na história.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Pedro França/Agência Senado