Osvaldo Sobrinho manifesta apoio ao sistema de educação a distância

PTB Notícias 1/11/2013, 6:36


O senador Osvaldo Sobrinho (PTB-MT) felicitou na quinta-feira (31/10/2013) a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) pela discussão de incentivos à promoção da educação a distância no âmbito do Plano Nacional de Educação (PNE).

Em um breve relato da audiência pública de ontem, ele destacou a importância da participação de Luciano Sathler Rosa Guimarães, diretor da Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed), que tratou de um tema “estigmatizado num país de bacharéis”.

“É um país que só acredita na educação superior: quem tem o canudo de uma universidade é uma pessoa estudada; quem tem qualquer outro curso abaixo disso é uma pessoa que não teve oportunidade.

É assim que pensam”, lamentou.

O senador lembrou que, nas décadas de 1970 e 1980, a educação a distância foi pensada como uma educação de massas que pudesse colocar a disposição da população “o melhor professor que houvesse no país”.

Ele mencionou a dificuldade do ensino tradicional para acompanhar o crescimento da demanda, o que apresenta o ensino a distância como “uma salvação”.

“É o futuro da educação no país, com professores de altíssima qualidade, não lecionando apenas para 40 alunos, mas dez mil, 15 mil, 30 mil numa aula só, divididos por todos os estados do Brasil”, afirmou.

Osvaldo Sobrinho elogiou a qualidade dos debates na CE.

Ele exortou os senadores a “quebrar paradigmas” para levar educação de qualidade a todos e aproximar o Brasil da condição de país desenvolvido.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Agência SenadoFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado