Osvaldo Sobrinho pede mais recursos para a saúde em Mato Grosso

PTB Notícias 2/12/2013, 17:46


O senador Osvaldo Sobrinho (PTB-MT) defendeu, na sexta-feira (29/11/2013), a inclusão de recursos no orçamento para construir um novo pronto-socorro em Cuiabá.

Ele afirmou que a bancada de seu estado está defendendo a inclusão de uma emenda de R$ 31 milhões no Projeto de Lei Orçamentária Anual para 2014.

“Cuiabá é a única capital do país que não tem ainda um [bom] hospital público, o que é uma decepção, uma falta de respeito para com o cidadão”, disse o senador.

O parlamentar do PTB apontou a situação da saúde em vários municípios do Mato Grosso está muito grave, devido à falta de recursos das prefeituras para investir no setor.

“A nossa bancada tem mobilizado no sentido de viabilizar liberação de recursos no total de R$ 31 milhões já destinados no orçamento deste ano para dar início às obras do pronto-socorro do tão esperado Hospital Regional do estado do Mato Grosso”, afirmou.

De acordo com o senador, o pronto-socorro municipal recebe pessoas de todo o estado do Mato Grosso e está sem condição de atender a todos.

“Ao entrar nele, nós temos a sensação imediata de que estamos entrando num campo de guerra.

A miséria humana ali está instalada”, disseSobrinho informou que o novo pronto-socorro ficará perto do Centro de Eventos Pantanal, em uma área de mais de 400 mil metros quadrados, onde será construído o hospital.

No pronto-socorro, inicialmente, haverá 250 leitos, o que para o senador ainda é pouco, mas ameniza o problema da saúde na região.

O senador também informou que o Hospital Universitário Júlio Miller receberá R$ 2,9 milhões do Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários.

“Mesmo assim, ainda é muito pouco ante a gigantesca necessidade de aportes financeiros principalmente no que diz respeito à premência de se desonerar os cofres municipais, em sua maioria, à beira da falência”, lamentou.

Sinalização trilíngue nas rodoviasOsvaldo Sobrinho falou ainda, com satisfação, sobre a aprovação do PLS 714/2011 pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), na quarta-feira (27).

A proposta obriga as rodovias com potencial turístico e em regiões de fronteira a apresentarem sinalização de trânsito em português, espanhol e inglês.

Sobrinho parabenizou o autor e a relatora do projeto, os senadores Jayme Campos (DEM-MT) e Lúcia Vânia (PSDB-GO).

“Com a proximidade dos eventos esportivos internacionais, a expectativa é que nosso país receba mais de 5,5 milhões de turistas estrangeiros.

A adoção da sinalização trinlíngue das placas rodoviárias orientará o turista, facilitando sua estada em nosso país”, afirmou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Marcos Oliveira/Agência Senado