Paes Landim considera que reforma eleitoral deve ser prioridade na Câmara

PTB Notícias 13/03/2011, 12:01


Em entrevista para o Informativo da Liderança do PTB na Câmara, o deputado federal Paes Landim, do Piauí, afirmu que a reforma eleitoral deveria anteceder a reforma política.

“Sobretudo a reforma da própria Justiça Eleitoral, que tem sido lenta no julgamento dos processos”.

Ele citou como exemplo a situação do estado do Piauí onde, há mais de 2 anos, mais de 200 processos estão em tramitação, no Tribunal Regional Eleitoral, em especial processos de cassação de prefeitos.

Isso cria, de certa maneira, uma certa instabilidade política, além da insegurança jurídica”, afirmou o deputado petebista.

Na avaliação do deputado Paes Landim, é necessário criar um mecanismo para dar celeridade aos julgamentos nas Cortes Eleitorais.

Ele não considera justo que funcione o TSE, com a ampla presença da Justiça Eleitoral em todos os quadrantes da política com apenas 7 Ministros.

“Tem de aumentar para 11 ou 13 ministros, criar turmas, trazer desembargadores federais, juízes federais, enfim, e que eles sejam chamados pelos títulos respectivos dos seus tribunais, das suas profissões”, finalizou o deputado do PTB piauiense.

fonte: Informativo da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados