Paes Landim elogia proposta de Mangabeira Unger para área de educação

PTB Notícias 10/08/2015, 17:40


O deputado Paes Landim (PTB-PI) elogiou a proposta do ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Roberto Mangabeira Unger, de um plano nacional de educação, dentro do projeto Pátria Educadora, do governo federal.

“Ninguém melhor do que Mangabeira Unger, o mais jovem professor de Direito da história de Harvard, para desempenhar uma tarefa que requer cultura, conhecimento, talento e vocação para servir ao Brasil”, disse o deputado, que leu em plenário trechos da proposta.

Segundo Landim, Mangabeira destaca no texto a importância de Anísio Teixeira na educação nacional.

“O grande Anísio Teixeira pela primeira vez é lembrado, nos últimos 50 anos, por um homem do porte de Mangabeira Unger, que conheceu de perto – talvez na sua infância – a trajetória desse que foi o fundador da primeira universidade do país: a Universidade do Distrito Federal.

“O deputado lembrou ter sido autor de projeto que acrescentava o nome de Anísio Teixeira ao Inep, hoje Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

O educador, disse o parlamentar trabalhista, já defendia a tese de ter o antigo curso primário pago pela União, com funções em tempo integral, “para evitar que a politicagem nos estados e a mediocridade política influenciassem o recrutamento e a qualificação dos professores”.

Paes Landim fez um apelo ao ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, a fim de que o Inep publique as obras de Anísio Teixeira, para que possam ser divulgadas.

“As escolas Anísio Teixeira teriam, portanto, finalidade dupla: servir de casa para maiores exigências curriculares e funcionar como um espaço privilegiado para o experimentalismo pedagógico.

“Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do Jornal da CâmaraFoto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados