Paes Landim responsabiliza Funasa por epidemia de dengue no Piauí

PTB Notícias 16/06/2007, 17:00


O deputado federal Paes Landim, do PTB do Piauí, disse na tribuna da Câmara Federal que a responsabilidade pelo avanço da dengue no Piauí é da Funasa, que não se preocupou em fazer uma política própria de saúde para o Estado.

Segundo o parlamentar, o órgão desenvolveu seu trabalho pensando as questões político-partidárias.

Em seu pronunciamento, o deputado usou artigo do editor-chefe do Diário do Povo, Zózimo Tavares, para criticar a bancada federal do Piauí, por não ter se manifestado diante do avanço da dengue no Estado.

Segundo Paes Landim, a política sanitária do Estado é um descalabro.

Segundo o deputado, a Funasa do Piauí recebeu, uma verba extra de R$ 30 milhões, mas não foi feito nenhum estudo sobre a dengue no Estado.

Paes Landim denunciou o uso político na contratação de técnicos.

“Seis ou sete técnicos contratados e pagos pela UNESCO, que com exceção de um ou dois, foram escolhidos por critérios eleitoreiros da mais baixa politicagem e não por critério técnico, o critério que deve inspirar as políticas públicas neste País”.

O problema da saúde no Piauí vai além da ausência de estudos para combate ao mosquito da dengue, o deputado Paes Landim destacou a ausência de investimentos em saneamento básico como um dos principais agravantes das condições de saúde da população.

Ele cobrou a construção de redes de esgotos nas principais cidades do Estado.

“Para onde foram esses recursos, deixando de lado a construção de redes de esgotos, que, pelo critério da administração anterior, o do IDH, deveriam ter sido construídas nas cidades de Picos, Corrente, Bom Jesus, São Raimundo Nonato, para exemplificar?”, questionou o deputado.

Para finalizar, o deputado piauiense fez um apelo ao ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

“Espero que a FUNASA passe, no meu Estado também, a partir deste ano, com as novas diretrizes do Ministro Temporão, efetivamente, a estabelecer uma política de saúde, a fim de que o nome da dengue não se repita no próximo ano no Piauí”.

fonte: Jornal Diario do Povo (PI)