Paes Landim solicita ao IBGE revisão da contagem do censo em Teresina (PI)

PTB Notícias 4/09/2007, 8:40


O deputado federal Paes Landim, do PTB do Piauí, solicitou ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a revisão da contagem populacional de Teresina e Parnaíba.

Possíveis erros no recenseamento das duas maiores cidades do Piauí implica em perda de recursos.

Paes Landim não concorda com a metodologia aplicada pelo IBGE para contar a população.

No plenário do Congresso nacional, Paes Landim reproduziu as denúncias do prefeito Silvio Mendes sobre irregularidades no censo de Teresina.

“Teresina é uma cidade dinâmica que cada vez mais recebe mais pessoas de todos os quadrantes do estado, pelas oportunidades de trabalho que enseja”, criticou o petebista.

Segundo dados do IBGE, a população de Teresina registrou crescimento populacional de apenas 24.

776 habitantes.

A população da capital, que era de 715.

360 no ano de 200 aumentou para 748.

336, um acréscimo de 4,61%.

Segundo o governo do Estado, em Teresina, cerca de 100 mil pessoas deixaram de ser contadas pelos recenseadores.

Paes Landim argumentou que a população de Parnaíba poderia ter ultrapassado os 140 mil contados no censo.

O deputado petebista disse que a redução na população de Parnaíba provoca prejuízo à vida social da cidade, em razão de reduzir o repasse de recursos constitucionais.

O Instituto de Pesquisa não teria sequer conferido os limites do município.

“O IBGE nem sequer consultou a prefeitura de Parnaíba, ou qualquer instituição da cidade, como o seu bispado, membro da Comissão Municipal de Recenseamento do Município, para a atualização da base cartográfica”, disse.

O deputado disse haver relatos de que algumas áreas da zona rural não teriam recebido a visita dos recenseadores.

“A Agespisa e a Cepisa demonstram o número de domicílios maior do que a pesquisa do IBGE”.

fonte: Jornal Meio Norte (PI)