Palavra do Presidente | Roberto Jefferson: Os alferes de Deus

Agência Trabalhista de Notícias 3/04/2020, 13:22


Imagem

Não haverá a nova ordem mundial a partir da China. Os movimentos conservadores e nacionalistas voltarão com força total. Penso que os comunistas chineses se excederam na dose com a tentativa de acuar o mundo. Os países se voltarão para seu fortalecimento interno, com um distanciamento da China, que não tem escrúpulos em reacender o escravismo no seu país e nos países onde investe.

Faça o Brasil grande outra vez. Essa frase será repetida nas ruas. As redes sociais, em pouco tempo, destruirão o gramscismo semeado no mundo, após o término da Primeira Guerra Mundial.

Ouvi, há pouco, um vídeo de vários presidentes de países ocidentais sobre o Covid-19: todos pedem as bênçãos de Deus para seu povo e a humanidade.

O comunismo ateu exagerou com o seu vírus de laboratório, pois ressuscitou nossas convicções mais profundas e enraizadas. Nossa cultura judaico-cristã legada de nossos antepassados inflou nossos corações de fé. Os negócios da China, a partir da escravidão do homem, passaram a ser repensados e medidos.

Somos os alferes de Deus, nosso criador, e da Família Sagrada, sua maior obra. Não permitiremos que um Estado tirânico tire de nós a prerrogativa de educarmos nossos filhos. Não permitiremos, mesmo com o empenho de nossas vidas, que nossos descendentes possam dizer: papai Hitler, papai Stalin ou papai Tsé-Tung. Nossos filhos e netos não dirão papai Lula.

As bandeiras de nosso partido são a liberdade, a democracia e nossa cultura cristã. Nossos antepassados verteram sangue por elas, e se avizinha o momento de regarmos as sementes de nossos pósteros, pelas convicções mais profundas que temos, com o mesmo sangue que eles doaram no passado.

Deus nos dê coragem e suas bênçãos.

Nossa bandeira jamais será vermelha.

Roberto Jefferson
Presidente Nacional do PTB