Pan pode ajudar Brasil a ter Olimpíada em 2016, afirma Alex Canziani

PTB Notícias 2/08/2007, 9:58


O sucesso dos Jogos Pan-Americanos 2007, realizados no Rio de Janeiro, pode de fato credenciar o Brasil para os Jogos Olímpicos de 2016.

A confiança é do presidente da Frente Parlamentar pelo Desenvolvimento do Turismo do Congresso Nacional, o deputado paranaense Alex Canziani, que inclusive esteve na abertura do Pan.

“É uma coisa grandiosa que, dentre tantos benefícios, levanta a auto-estima das pessoas”, coloca o parlamentar petebista, referindo-se ao evento encerrado dia 29 passado.

De quebra, os atletas brasileiros obtiveram a terceira colocação no quadro de medalhas (61) e o melhor resultado na competição de todos os tempos.

Para o presidente da Frente Parlamentar, que reúne 152 deputados e senadores, o Pan pode até ajudar na luta do país pela realização da Copa do Mundo, em 2014: “Neste caso, estamos trabalhando inclusive para que o Paraná seja uma das sedes”, emendou Canziani.

O deputado petebista enxerga o turismo como um dos grandes beneficiados em eventos deste tipo, pois acaba distribuindo renda, criando empregos e gerando divisas.

INGRESSOS O Comitê Organizador do Pan anunciou, por exemplo, uma renda de R$ 17 milhões provenientes da venda de ingressos para o evento.

Ao todo, 1,3 milhão de pessoas pagaram para assistir à competição.

Os números apresentados ficaram muito além das previsões iniciais.

Além do balanço financeiro dos Jogos, o comitê apresentou dados curiosos sobre os atletas que estiveram na Vila Pan-Americana durante os 17 dias de competição.

Nesse período, os oito mil esportistas consumiram, aproximadamente, quatro toneladas de leite condensado, 19 toneladas de arroz, dez de feijão e 41 de frutas.

Por outro lado, a transmissão dos Jogos fez com que as principais emissoras de TV faturassem juntas R$ 620 milhões, segundo levantamento feito pelo Controle da Concorrência, empresa que monitora inserções comerciais para o mercado publicitário.

fonte: Assessoria do Deputado Alex Canziani (PTB-PR)