Para Elmano Férrer, país precisa de solução definitiva contra seca

Agência Trabalhista de Notícias 20/11/2015, 18:23


Em discurso na quinta-feira (19/11/2015), o senador Elmano Férrer (PTB-PI) lamentou o agravamento da crise hídrica no país, citando especialmente a recorrência da seca na região Nordeste.

O parlamentar avaliou que o Estado brasileiro não faz o suficiente para enfrentar o problema.

Na opinião dele, a crise no abastecimento de água em São Paulo ganha maior destaque pela aparência de ineditismo, mas a estiagem no Nordeste está cada vez mais crítica e dramática.

Elmano denunciou o “martírio” da seca no Piauí, onde 90% dos municípios estão em estado de emergência.

O trabalhista cobrou o uso da tecnologia e o emprego mais eficiente de recursos para melhorar as condições de convivência com a seca.

O senador criticou o custo de operações paliativas, como a distribuição de água em carros-pipa, que considera inúteis para levar tranquilidade ao povo.

“A estiagem existe há séculos, mas os governos se especializaram em ofertar medidas paliativas em vez de buscarem soluções definitivas para o problema.

Chegou o momento de darmos um basta a esse problema secular”, declarou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência Senado e do Jornal do SenadoFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado