Para Romeu Tuma, PAC da Segurança é um “marco histórico”

PTB Notícias 26/03/2008, 18:59


Em nome da liderança do PTB, o senador Romeu Tuma (SP) fez, nesta quarta-feira (26/3), um relato sobre as ações de segurança pública para a cidade do Rio de Janeiro incluídas no chamado “PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Segurança”, lançado no dia 7 de março.

Para o parlamentar, o programa é “um marco histórico”.

Ao assinalar sua condição de egresso da área de segurança pública (foi diretor-geral da Polícia Federal), Tuma disse que não poderia deixar de elogiar a iniciativa do governo federal.

A previsão é de que R$ 2 bilhões sejam investidos em obras e programas sociais nas favelas do Complexo do Alemão, de Manguinhos e na Rocinha.

– Isso permitirá àquelas comunidades alcançarem a hoje tão propalada cidadania e, ao mesmo tempo, combater a violenta criminalidade que assola o Rio de Janeiro – acredita.

O senador por São Paulo disse ver com tristeza a ação desenvolvida atualmente pela polícia, que sobe os morros do Rio de Janeiro atirando para matar porque a criminalidade praticamente assumiu o governo daqueles locais.

Seguindo as ordens do governador do Rio e do secretário estadual de segurança pública, Tuma observa que os policiais atiram “no que fizer qualquer tipo de movimento”, o que tem levado à “morte gente inocente”.

– O PAC, realizado em parceria com o governo estadual, certamente alcançará bons resultados, desde que tenha o gerenciamento adequado e, principalmente, o apoio da população local, fator primordial para a implantação do plano – ponderou.

Romeu Tuma comentou que há várias obras projetadas para melhorar a condição de vida das comunidades: construção de hospitais; implantação de infra-estrutura urbana; regularização fundiária de residências; saneamento básico com intervenção no sistema viário; fornecimento de água; instalação de redes de esgoto e iluminação; construção de áreas de lazer; e reflorestamento de 70 mil metros quadrados na favela da Rocinha.