Parisotto apresenta projeto para inibir roubo de cabos de energia elétrica

PTB Notícias 10/04/2007, 10:11


Preocupado com a crescente onda de roubos de cabos de transmissão de energia elétrica e de empresas telefônicas, o deputado estadual e presidente do PTB catarinense, Narcizo Parisotto, apresentou Projeto de Lei determinando a obrigatoriedade de um cadastro com dados pessoais e endereço completo das pessoas físicas ou jurídicas que façam negócios com estabelecimentos especializados em compra e venda de materiais de metal, os conhecidos “ferro velhos”.

De acordo com o texto, o cadastro deve ser feito e mantido pelo próprio estabelecimento e disponibilizado à área de fiscalização da Secretaria da Fazenda do Estado ou à autoridade policial ou jurídica sempre que solicitado.

A medida atinge os estabelecimentos que compram materiais usados para revenda, como fios, arames, peças, tubos, tampos e outros do gênero, em aço, cobre, alumínio, zinco, ferro ou outro tipo de metal.

De acordo com o petebista, este segmento tem sido alvo de pequenas – porém bem organizadas – quadrilhas que atuam em todo o país causando enormes prejuízos não somente às empresas, bem como ao consumidor final do produto, no qual esta estruturada os serviços destas empresas.

“Não pretendemos inibir o comércio feito de forma honesta por aqueles que diariamente recolhem estes materiais que vão parar em terrenos baldios e em diversos outros lugares, sem uso por empresas.

Mas, sim, encontrar meios de coibir ações que são criminosas.

Queremos exercer uma política preventiva”, declarou Parisotto.

O parlamentar lembra que estes furtos vão além de matérias mais óbvios, “chegando ao cúmulo de serem roubados desde cabos de transmissão de energia elétrica a tampos de bueiros e placas de bronze em cemitérios”.

Agência Trabalhista de Notícias