Pastor Frankembergen enaltece programa para erradicar turismo sexual

PTB Notícias 11/07/2006, 17:38


O Deputado Pastor Frankembergen (PTB-RR), em discurso no plenário, enalteceu o Programa Turismo Sustentável, desenvolvido pelo Ministério do Turismo.

O Programa tem como objetivo erradicar o turismo sexual através da sensibilização da sociedade brasileira para o problema da exploração sexual de crianças e adolescentes e de políticas que previnam tal prática.

“A exploração sexual no Brasil é um problema crônico que necessita ser definitivamente eliminado.

O turismo sexual é um dos maiores problemas enfrentados em cidades turísticas e praianas, e as maiores vítimas são crianças e adolescentes que, para ganhar um dinheirinho para suas necessidades básicas, vendem o seu corpo, a sua infância, a sua auto-estima e a sua dignidade.

Não há leis que protejam essas crianças, desde cedo expostas às mazelas de nosso País, filhas de mães exploradas, sem pai, sem futuro”, protestou o Deputado.

Pesquisas apontam que, 17% do total dos Municípios brasileiros são pontos de exploração sexual de crianças e adolescentes.

Destes, 32% ficam no nordeste, sendo Pernambuco o maior concentrador de Municípios exploradores da infância para o sexo e 26% estão no Sudeste.

“É triste saber que em nosso País maior parte da população está desamparada” – lamentou o Deputado.

“O comércio do sexo fecha os olhos para a exploração, desacatando leis, colaborando para a infelicidade de milhares de crianças, adolescentes e mulheres”.

Em seu discurso, o Pastor Frankembergen ressaltou que a campanha do Ministério do Turismo conta com o apoio de diversos segmentos da sociedade: cidadãos, políticos e empresários que se preocupam em oferecer às crianças, adolescente e mulheres uma vida mais digna.

“Propagandas contra a exploração já estão sendo veiculadas, principalmente nas cidades mais propensas ao problema.

Material publicitário com o slogan Brasil, quem ama protege também já foi distribuído em praias do nordeste.

As companhias aéreas TAM, Gol e Varig também aderiram ao movimento e divulgaram, durante os meses de janeiro e fevereiro de 2005, gratuitamente mensagens durante os vôos”, disse o parlamentar do PTB.

“Este ano”, disse ele, “uma das ações principais será a de qualificação da cadeira produtiva do turismo nos Estados, onde várias pessoas serão treinadas para aprender a agir ao se confrontar com situações de exploração sexual.

Para denunciar basta ligar para o Disque-denúncia, cujo número é o 100.

Todos nós podemos colaborar com a erradicação da exploração sexual.

Convido todos os brasileiros, autoridades e pessoas que presidem alguma organização ou mesmo tenham o poder para incentivar aqueles que estão trabalhando para combater definitivamente a exploração de crianças e adolescentes com relação ao turismo”, concluiu o Pastor Frankembergen.

Agência Trabalhista de Notícias