Paulo Frange apresenta programa Obesidade Zero em São Paulo

PTB Notícias 7/10/2020, 7:28


Imagem

Em 11 de outubro é celebrado o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, uma preocupação do setor médico em todo o mundo. Em São Paulo, o vereador Paulo Frange (PTB) apresentou Lei em vigor dentro do propósito e do programa Obesidade Zero. O excesso de peso acomete 40% da população brasileira, aumentando o risco de doenças como pressão alta, diabetes, colesterol alterado entre outras.

O projeto Obesidade Zero, de Paulo Frange, prevê a adoção pela Prefeitura de programa de erradicação da obesidade desde a infância, com uma série de medidas que pretendem atacar a obesidade em várias frentes. Chamada de epidemia do século XXI, a obesidade é uma doença que atinge cerca de metade da população brasileira.

A lei de Paulo Frange tem por base os seguintes itens: educação em nutrição saudável nas escolas básicas e no currículo escolar; estímulo à mudança de hábitos; incentivo à atividade física em geral, assim como, a efetivação e obrigatoriedade de profissionais de nutrição nas unidades básicas de saúde, configurando a avaliação nutricional, especialmente de peso e altura.

“Prevê, ainda, a normatização e legislação em alimentação saudável com enfoque na propaganda e desoneração fiscal dos produtos alimentícios relacionados ao controle da obesidade”, diz Paulo Frange, que além de vereador, é médico.

Programa Amplo

O projeto Obesidade Zero (Nutri+Ação) foi apresentado por Paulo Frange à Câmara Municipal em 2012, sendo aprovado e sancionado em 1/02/2016, tornando-se a Lei 16.378. Foi destaque no XIX Congresso Brasileiro de Nutrição Parenteral e Entera, coordenado pelo Dr. Magnoni, colaborador da Lei aprovada.

O combate à obesidade conta com importantes apoios de entidades médicas, como da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Associação Paulista de Medicina, Federação Latino Americana de Nutrição e Associação Médica Brasileira.

Paulo tem defendido que a porta de entrada nos postos de saúde deveria ser com o nutricionista, que poderia atender antes mesmo do médico, em casos de atendimento para o pré-natal ou para quem vai tratar uma hipertensão ou mesmo pedir medicação para um problema gastrointestinal.

“É preciso erradicar essa doença que atinge cerca de metade da população brasileira”, defende.

Frentes Diversas

O Programa Obesidade Zero é trabalhado em várias frentes e integra propostas amplas, como o desenvolvimento de projetos clínicos amplos, com pesquisas e enfoques regionais e adaptados a situações epidemiológicas, econômicas e culturais – e normatização e legislação em alimentação saudável no enfoque que envolve marketing e propaganda.

Busca ainda sensibilizar o setor alimentício para que interaja com a população em atividades de motivação e mobilização no combate à obesidade, com o envolvimento das empresas de comunicação na divulgação do projeto e no estímulo a atividades relacionadas e desoneração fiscal dos produtos alimentícios relacionados ao controle da obesidade, etc.

Com informações da assessoria do vereador Paulo Frange (PTB-SP)