Paulo Frange homenageia criador do programa Hepatite Zero

PTB Notícias 8/08/2017, 8:17


Imagem Crédito: André Bueno/CMSP

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1502212459162{margin-bottom: 0px !important;}”]Humberto Silva, fundador do Hepatite Zero, projeto que promove uma série de atendimentos gratuitos para portadores da doença no Brasil e no México, recebeu na sexta-feira (4), na Câmara Municipal de São Paulo, o título de Cidadão Paulistano. A honraria foi proposta pelo vereador Paulo Frange (PTB).

No mundo, apenas 20% dos portadores de hepatite sabem que têm a doença. Médico, Paulo Frange lembrou que, além da dificuldade do diagnóstico, o paciente muitas vezes não consegue arcar financeiramente com o tratamento.

“São tratamentos caros. O Humberto tem feito um trabalho nesse sentido. Tudo da hepatite é caro. Do diagnóstico até o tratamento. Pessoas como ele chamam a atenção e nós não poderíamos deixar de homenageá-lo”, disse.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil existem 3 milhões de pessoas contaminadas pelo vírus da hepatite. Humberto Silva já fez parte dessa estatística e quando recebeu o diagnóstico já estava com um quadro avançado de cirrose. Diante da gravidade da doença, decidiu tomar uma atitude para ajudar os portadores que, muitas vezes, não sabem que têm hepatite. Atualmente ele lidera cinco clínicas, que já atenderam 40 mil pessoas gratuitamente.

“Esse trabalho, que hoje é reconhecido, não é meu individualmente. Ele é de todos nós. Então, eu me sinto honrado, feliz, por essa homenagem ao trabalho, mas nada envaidecido pela minha pessoa”, disse Silva.

Com informações da Câmara Municipal de São Paulo[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]