Paulo Neme anuncia liberação de verbas para casas populares em Lorena

PTB Notícias 26/02/2009, 13:57


O prefeito de Lorena, Paulo Neme (PTB), anunciou a liberação de verbas para construir 80 casas, beneficiando moradores de áreas de risco.

O anúncio foi feito ontem, 25/02, pouco antes de o prefeito visitar o percurso do Rio Mandi, que corta a zona urbana de Lorena e causou enchentes nas últimas semanas.

De acordo com Paulo Neme, a verba para a compra dos lotes urbanizados foi liberada pelo Ministério das Cidades e já está à disposição na Caixa Econômica Federal.

“Assim que a Câmara Municipal aprovar o projeto, os lotes serão adquiridos”, disse.

Acompanhado pelo secretário de obras, Célio Melilo, e pela secretária de Desenvolvimento Social, Eliane Salomão, o prefeito começou a vistoria no Rio Paraíba, junto à ponte da estrada de Piquete.

É lá que está uma das principais causas das enchentes em Lorena.

O rio Paraíba está muito cheio e, às vezes, a força das águas é tamanha, que elas invadem as margens do rio Mandi.

Neme e os dois secretários estiveram na Praça Sebastião Candido Rodrigues, onde as águas do Mandi passaram sobre duas pontes, inundando toda a praça e algumas casas.

“Como as pontes são pequenas, elas represam o fluxo do rio”, disse o secretário Celso Melilo.

“O ideal era que houvesse apenas uma ponte com vazão bem maior”, afirmou.

Na junção dos bairros da Cruz e Vila Passos, Melilo aproveitou para avaliar a situação de alguns casebres construídos às margens do rio, uma área de risco.

“A população daqui também precisa ser removida”, disse o secretário.

Durante a inspeção, moradores questionaram o prefeito sobre as obras para pôr fim às enchentes.

O prefeito falou sobre os estudos hidrográficos que estão sendo realizados para a construção de reservatórios nos percursos dos rios Mandi e Taboão, com a finalidade de que, durante as chuvas fortes a água fique armazenada, evitando as enchentes.

A secretária de Desenvolvimento Social, Eliane Salomão fez o cadastro dos moradores atingidos pelas enchentes, para a distribuição de cestas básicas, colchões e móveis.

Na rua José Pereira Penque, próximo da via Dutra, a comitiva vistoriou a ponte que tombou, arrastada pela chuva.

O prefeito lamentou a situação das vítimas, mas lembrou que Lorena não tem desabrigados nem vítimas fatais.

“Ainda que enfrentemos dificuldades, a cidade tem boas condições de enfrentar as enchentes”, concluiu Paulo Neme.

* Fonte: Agência Trabalhista de Notícias com informações do Portal pindavale.

com