Paulo Roberto diz que licitação restringe empresas sediadas no Piauí

PTB Notícias 17/11/2013, 21:01


O vereador Paulo Roberto de Oliveira Santos (PTB) declarou, na última semana, que a licitação aberta para a iluminação pública de Teresina está restringindo a participação de empresas sediadas no Piauí, por exigir requisitos técnicos e econômicos superiores aos disponíveis nas empresas piauienses.

A licitação será realizada no dia 18 de dezembro, pela Prefeitura de Teresina, e se destina à contratação de uma empresa de engenharia que cuidará da execução dos serviços de operação e manutenção preventiva e corretiva da iluminação pública da cidade.

O edital inclui ainda melhoria e ampliação das redes.

“A regra geral a ser obedecida pela administração pública é a de que se deve possibilitar a maior competitividade e participação de licitantes.

Pelo edital da concorrência em questão, as cláusulas são tão restritivas que até a empresa responsável pelos serviços de iluminação atualmente não teria condições de atender os requisitos editalícios.

Na verdade, pouquíssimas empresas no Brasil teriam condições de realizá-los nos moldes exigidos no edital”, criticou Paulo Roberto.

O vereador disse ainda que o valor estimado do novo contrato está muito acima do que é gasto atualmente pelo Executivo municipal.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Cidade Verde