PCCS da polícia deve chegar em maio na ALE-RO, confirma Valter Araújo

PTB Notícias 1/04/2011, 16:51


O Plano de Carreira, Cargos e Salários da categoria dos agentes penitenciários de Rondônia deve dar entrada na Assembleia Legislativa do estado na primeira semana do mês de maio.

A informação foi dada na última terça-feira, 29/03/2011, pelo presidente da Casa de Leis, deputado Válter Araújo (PTB-RO), durante reunião com sindicalistas na sede da ALE-RO, onde o presidente Anderson Pereira e o vice Jorge Gorayeb representaram o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado de Rondônia (Singeperon).

Com o objetivo de ouvir os líderes sindicais quanto às reivindicações de cada classe de servidores públicos, o presidente da ALE-RO conheceu dos agentes a forte preocupação pela necessidade urgente de valorização da categoria, que passa basicamente pela aprovação do PCCS e melhores condições de trabalho.

“Hoje existe uma grande expectativa dos profissionais pela implantação do PCCS, principalmente.

E como representantes da classe, estamos acompanhando todos os trâmites do processo para que não sejamos prejudicados como ocorreu no passado”, revelou Anderson ao deputado.

O sistema prisional estadual também foi foco nas discussões com a explanação do presidente do Singeperon quanto à defasagem de vagas.

Segundo ele, mais de 300 presos deram entrada nos presídios somente nos três primeiros meses deste ano na capital.

“Mostramos preocupação com a questão porque a superlotação reflete diretamente no agente penitenciário que recebe toda essa pressão e tensão típicos da profissão”, disse Anderson.

Valter Araújo informou a todos os presentes que tudo que ficar acordado com as categorias será honrado pela Assembleia, mesmo que isso implique até em derrubar vetos do Executivo.

Sobre o sistema, o deputado enfatizou que a curto prazo será difícil resolver o problema da falta de vagas.

“Devem-se buscar alternativas, inclusive com a participação da Justiça e do Ministério Público.

O que não pode mais é empurrar o caso com a barriga”, destacou o presidente da ALE-RO.

Na ocasião, Araújo se colocou à disposição para ajudar nas negociações com o governo.

Para isso, ficou combinado junto aos sindicalistas a formalização de uma pauta formal de reivindicações, as quais serão colocadas para discussão em reunião a ser marcada com o governador Confúcio Moura pelo próprio Valter Araújo.

Nesta pauta a ser discutida com o governo, provavelmente devem constar assuntos ligados ao reajuste salarial e de benefícios, PCCS”s e Transposição.

Agência Trabalhista de Notícias, (IS) com Informações do Portal Rondônia.

com