Pedro Fernandes defende discussão sobre fim do voto obrigatório

PTB Notícias 13/03/2011, 12:50


A Câmara dos Deputados instalou no dia 1º de março a Comissão Especial que vai discutir os projetos de reforma política em tramitação na Casa.

Os deputados que integram a Comissão terão 180 dias para buscar um consenso sobre os temas polêmicos.

Para o deputado federal Pedro Fernandes, do PTB do Maranhão, a Câmara precisa discutir o fim do voto obrigatório e da cláusula de barreira, deixando para o Senado a discussão do mandato de Senador e eleição de suplente.

“A reforma política que interessa os deputados precisa realmente começar a ser discutida aqui, depois ir para o Senado e voltar para esta Casa, a fim de darmos a palavra final.

Ela não pode ser feita pelo Senado, porque ele tem outro pensamento;é muito diferente do pensamento da representação popular desta Casa”, disse o petebista.

Pedro Fernandes defende o fim do voto obrigatório, da cláusula de barreira e mais transparência: “vamos continuar com nosso sistema proporcional, porque esse é brasileiro e está dando certo.

Há uma ou outra exceção.

Não há necessidade de se mudar a política no Brasil”.

fonte: Informativo da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados