Pedro Fernandes protesta contra a Mesa Diretora no caso das passagens

PTB Notícias 25/04/2009, 9:56


O Deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) comentou, no Plenário, o uso de passagens aéreas: “Nunca recebi mais do que quatro passagens ida e volta para o meu Estado.

Nunca deixei de cumprir compromissos no meu Estado, como nunca deixei de cumpri-los com esta Câmara Federal.

Daí não ter nenhuma falta, daí não ter nenhum final de semana nas minhas bases.

Assim, lamento profundamente a posição da Mesa Diretora, que não defende os Deputados Federais.

O que faz a Mesa da Câmara? Diz que tenho direito a quatro passagens de ida e de volta, calcula pela tarifa inteira e coloca na cota para eu fazer o que tenho de fazer”, disse o Deputado.

Segundo Fernandes, a Mesa deveria ser mais competente e saber que o valor de mercado de passagens não é o da tarifa inteira.

“Deveria, sim, fazer um estudo de tarifa de mercado e passar o valor adequado para viajar.

Se não fosse suficiente, aí, sim, faria a cobertura.

Passa o valor total por incompetência administrativa; passa o valor total para que façamos o que fizemos.

Todos os meses cai na minha cota 4 passagens aéreas de ida e volta ao Estado do Maranhão no valor da cota inteira.

Não sei a quem interessa isso.

E faço delas o que bem entender, como fiz: dei passagens àqueles que me pediram.

Acho que agi com justiça dando passagens àqueles que me pediram”, afirmou.

“Fica aqui o meu registro, fica aqui o meu protesto contra a Mesa Diretora.

Não contra esta Mesa agora, que está sendo bombardeada.

Desde que estou aqui, há 10 anos, sempre recebi, todos os meses, a cota inteira de 4 passagens.

Não recebi mais que isso, não fiz farra, não extrapolei o meu direito.

Recebi 4 passagens de ida e volta na cota inteira.

Uma agência de viagem cobraria as 4 inteiras.

Viajamos durante as promoções”, concluiu o Parlamentar do PTB.

* Agencia Trabalhista de Notícias