Petebista Fernando Aragão defende prévias para escolha de candidato

PTB Notícias 9/02/2012, 7:56


Em entrevista ao programa Vale Debate nesta quarta-feira, 8/2, na Rádio Vale, o pré-candidato a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe (PE), Fernando Aragão (PTB), defendeu a realização de prévias para a escolha do candidato Taboquinha que disputará as eleições de outubro.

De acordo com o vereador o formato atual de escolher o candidato a prefeito através de pesquisas eleitorais pode trazer prejuízos ao grupo.

“O idéia seria nos reunir com 300, 350 membros do nosso grupo político, promover um debate e ai cada um teria direito a voto para escolher o nosso candidato” propôs Aragão.

O sistema é parecido com o formato da escolha dos candidatos a presidente dos Estados Unidos, o que fortalece os partidos políticos dando voz ao filiados.

Gestão Toinho do ParáAo falar do governo municipal o vereador avaliou positivamente a gestão de Toinho do Pará, mas alertou para a desmotivação do prefeito.

De acordo com Fernando faltou pulso administrativo para Toinho impor seu estilo da prefeitura.

Aragão também se mostrou insatisfeito pela falta de pulso do prefeito que não mudou o secretariado ao assumir a prefeitura.

“Tem que re-oxigenar o governo, Toinho teria que promover mudanças na sua gestão, mudar peças para reorganizar as ações municipais.

Mas infelizmente a bondade exagerada dele deixou o governo se acomodar” desabafou.

Eduardo CamposAo citar o governador, de quem é aliado de décadas Aragão afirmou que sendo candidato teria como pedir apoio ao governador, ou no mínimo manter Eduardo Campos longe da disputa municipal.

“Em 1994 quando Aragãozinho lançou (Luiz) Piauhilino para federal eu fiquei com Eduardo, em 2006 quando apenas 3% da população estava com o governador eu fui um dos primeiros a apoiar sua candidatura”.

Educação e saúdeFernando prometeu avanços nas áreas de educação e saúde, se comprometendo a buscar mais recursos federais para oferecer um serviço mais digno a população.

O vereador criticou a injustiça que existe na divisão de recursos para os municípios e citou o caso de Santa Cruz que recebe recursos de acordo com o seu numero de habitantes, mas é obrigada a atender moradores de Pão de açúcar e São domingos, distritos que pertencem a Taquaritinga do Norte e Brejo da Madre de Deus.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Diário da Sulanca