Petebista Fernando Bicudo assume a vice-presidência da Academia de Música do Rio de Janeiro

PTB Notícias 1/03/2021, 16:05


Imagem

Importante personalidade multicultural brasileira, o petebista Fernando Bicudo, Fernando Bicudo, ex-diretor do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, recebe a honraria de assumir o cargo de Vice-Presidente de uma das mais importantes instituições culturais do Brasil, a Academia de Música do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito na última semana, por Luís Roberto Von Stecher Trench, Chanceler de Honra do Brasil e Presidente da entidade, por meio de publicação no Facebook oficial da instituição.

O petebista é formado em Ciências Econômicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Em sua trajetória, desenvolveu uma carreira grandiosa em comércio exterior, também em cultura e turismo. Nas artes, Bicudo é Presidente e diretor artístico do Ópera Brasil, uma sociedade civil sem fins lucrativos, sendo reconhecido como um dos produtores mais aclamados da cena brasileira e internacional.

“Sinto-me muito honrado. A Música é uma dádiva divina. A Ciência já comprovou que até as plantas se desenvolvem melhor ouvindo boa música. Peço a Deus que isso me traga mais força para poder continuar batalhando pela Música, clássica e popular de qualidade, e que sua difusão sirva de antídoto contra as maldades contra o nosso povo que vem sendo manipulado por governadores e prefeitos inescrupulosos que procuram se beneficiar pessoal e politicamente dessa crise provocada no exterior.
Que seja incentivada a boa música nacional como estímulo ao nosso patriotismo, infelizmente hoje tão ausente. Filiei-me ao PTB pela devoção a musica e Amor às Artes pelo Presidente Roberto Jefferson. Quero ajudar a recuperar a música, a alma boa e alto astral de nosso amado Brasil!”, afirma Fernando Bicudo.

Entre as posições que já ocupou na área cultural, destacam-se: Diretor Artístico da Orquestra Sinfônica Brasileira, Diretor do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Embaixador do Turismo no Rio de Janeiro, Doutor Honoris Causa pela Academia Brasileira de Filosofia, Imortal da Música Erudita Brasileira pela Academia de Música do Brasil, pela Academia de Musicologia do Brasil e, agora, Imortal e Vice-Presidente da Academia de Música do Rio de Janeiro.

Foto: Reprodução Internet.