Petebista Rony Alves quer organizar administração da Câmara de Londrina

PTB Notícias 17/05/2013, 8:26


O presidente da Câmara de Vereadores de Londrina (PR), Rony Alves (PTB), conversou com os jornalistas sobre a matéria divulgada com exclusividade pela Paiquerê AM sobre o pagamento elevado de horas extras para servidores de carreira.

Alves declarou que não está entrando em guerra com os funcionários ao propor a criação do banco de horas, mas sim tentando organizar a administração da Casa.

O presidente explicou que o Legislativo teve que pagar R$ 160 mil em horas extras para uma servidora que se aposentou e R$ 60 mil para outro funcionário que também se aposentou.

Nos dois casos, a quitação dos débitos estava pendente desde 2008.

Em março, deste ano, foram pagos mais R$ 100 mil em horas extras acumuladas desde 2008.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Londrina na Latinha