Petebistas acompanham presidente Jair Bolsonaro na entrega de casas e escola em Bagé

Agência Trabalhista de Notícias 1/08/2020, 9:04


Imagem Crédito: Alan Santos/Presidência da República

Com a presença do presidente Jair Bolsonaro, foi realizada na sexta-feira (31) a entrega simbólica das chaves de 1.164 moradias para famílias de baixa renda em Bagé (RS). A cerimônia foi acompanhada por uma comitiva do PTB: o vice-governador e secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, o prefeito Divaldo Lara, os deputados federais Maurício Dziedricki, Marcelo Moraes e Ronaldo Santini e o deputado estadual Luís Augusto Lara.

Com investimento de R$ 87,3 milhões do programa de habitação popular do governo federal, mais de 4,6 mil pessoas serão contempladas com novas residências. O governo gaúcho, por meio do Departamento de Habitação da Secretaria de Obras e Habitação (SOP), participou do empreendimento com a cedência das áreas da extinta Cohab, avaliadas em R$ 1,5 milhão.

Durante a entrega, Ranolfo destacou o esforço conjunto dos governos federal, municipal e estadual que possibilitou a concretização dessa conquista para Bagé. “Graças a esse esforço conjunto, concretizamos hoje o sonho da casa própria para cerca de 4,6 mil pessoas que receberam as chaves de suas novas moradias. Esses novos imóveis são uma conquista para toda a cidade, que ganha não apenas mais de mil novas residências, mas também quatro novos bairros que surgem a partir deste empreendimento”, destacou o vice-governador.

As obras das moradias começaram no fim de 2017 e se tornaram quatro novos bairros da cidade. Os empreendimentos Espanha I e II, agora batizados de Nossa Senhora Auxiliadora e Sagrada Família, vão receber 600 novas famílias. As unidades estão distribuídas em 19 blocos de apartamentos e são compostas por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, com 43,16 m². Cada moradia está avaliada em R$ 75 mil. O investimento federal chegou a R$ 45 milhões.

Os imóveis Moriá e Ebenezer (na zona leste) conta com 564 unidades, e receberam investimentos de R$ 42,3 milhões do governo federal. São casas geminadas de 44,64 m² e avaliadas em R$ 75 mil, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

As áreas são atendidas pelo sistema de transporte público municipal. Além disso, os moradores também terão acesso a equipamentos públicos na região, como escolas, creches e postos de saúde.

Agenda em Bagé

Durante a visita, o presidente e a comitiva petebista visitaram ainda o 3° Regimento de Cavalaria Mecanizada e a Escola Municipal Cívico-Militar de Ensino Fundamental São Pedro. A escola atende cerca de 750 alunos da rede básica do município em um sistema híbrido gerido pela Secretaria de Educação de Bagé em convênio direto com o Ministério da Educação.

De acordo com a secretaria, o município contratou, em regime CLT, militares da reserva do Exército e da Brigada Militar – alguns com formação pedagógica e outros com formação pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

Até o momento, a rede estadual de educação conta com três instituições selecionadas para o programa. São elas: Alexandre Zattera, em Caxias do Sul; Carlos Drummond de Andrade, em Alvorada; e Oswaldo Aranha, em Alegrete. A cidade de Uruguaiana também opera uma escola cívico-militar no âmbito municipal.

Com informações do Governo do Rio Grande do Sul