PL de Augusto que evita riscos de contaminação por bactérias é aprovado

PTB Notícias 17/09/2014, 7:34


A Comissão de Constituição, Legislação e Justiça da Assembleia Legislativa de Pernambuco aprovou na terça-feira (16/9/2014) projeto do deputado Augusto César (PTB) que exige que tintas, pigmentos e corantes utilizados por tatuadores só poderão ser comercializados se estiverem registrados e aprovados pelas autoridades de saúde, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A ideia é evitar que as pessoas corram riscos de contaminação por bactérias e fungos ao utilizarem tintas que não possuam registro da agência reguladora.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Assembleia Legislativa de Pernambuco Foto: Roberto Soares/Alepe