PL de Raphael institui Semana de Prevenção ao Diabetes em Dourados (MS)

PTB Notícias 17/11/2014, 17:00


A Câmara de Dourados (MS) aprovou na semana passada, por unanimidade, projeto de lei de autoria do vereador Raphael Matos (PTB) que institui a “Semana Municipal de Conscientização, Prevenção e Combate ao Diabetes”.

De acordo com a lei, que ainda deverá ser sancionada pelo prefeito, as secretarias municipais de Saúde e Educação deverão desenvolver, em parcerias com associações, ONGs, entidades e órgãos públicos ou privados que se dediquem à causa, na semana em que incluir o dia 14 de novembro de cada ano, atividades, palestras, orientações, entre outras ações que visem conscientizar e prevenir os riscos do diabetes.

O vereador justificou que o diabetes exige alguns cuidados que são para o resto da vida, tanto para o paciente quanto para a família.

Ambos precisam tomar uma série de decisões relacionadas ao tratamento, como medir a glicemia, tomar medicamentos, exercitar-se regularmente e ajustar os hábitos alimentares.

Além disso, pode ser necessário apoio psicológico.

“Como as consequências do tratamento são baseadas nas decisões tomadas, é de extrema importância que as pessoas com diabetes recebam educação de qualidade, ajustada às necessidades e fornecidas por profissionais de saúde qualificados”, sugere.

Raphael observa que sem a educação em diabetes, os pacientes estão menos preparados para tomar decisões baseadas em informação, fazer mudanças de comportamento, lidar com os aspectos psicossociais e, por fim, não estar equipado o suficiente para fazer um bom tratamento.

O mau controle resulta em prejuízo para a saúde e em uma grande probabilidade de desenvolver complicações.

“O papel dos educadores em diabetes é essencial, juntamente com a equipe multidisciplinar.

O educador faz com que a pessoa com diabetes monitore sua saúde com escolhas e ações baseadas em julgamento vindo da informação”, explica, observando, ainda, que a maioria dos pacientes não tem acesso à educação em diabetes, devido a fatores como custo, distância e falta de serviços apropriados.

“Algumas nem sabem dos serviços existentes ou não estão convencidas dos benefícios que a educação em diabetes pode trazer.

“Raphael Matos reforçou ainda, em sua justificativa, que o dia 14 de novembro é o Dia Mundial de Conscientização, Prevenção e Combate do Diabetes e é preciso promover a importância dos programas estruturados de educação em diabetes como a chave para a prevenção e o controle.

“Muitas pessoas não conseguem ter acesso à educação em diabetes, porque não há educadores e centros em número suficiente para atender o número crescente de novos casos”, alerta o vereador do PTB.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do vereador Raphael Matos (PTB-MS)Foto: Divulgação/Assessoria