Poá (SP): Jeruza Reis destina R$ 2 mi em emendas ao Orçamento de 2016

PTB Notícias 27/11/2015, 6:26


A vereadora Jeruza Reis (PTB) apresentou oito emendas ao projeto de lei que estima e fixa a despesa de Poá (SP) para o exercício financeiro de 2016.

Os documentos foram lidos durante a sessão ordinária de terça-feira (24/11/2015) e propõem a complementação de verbas e a viabilização de ações por parte da administração do prefeito Marcos Borges (PPS), o Marcos da Gráfica.

As proposituras resultam no repasse de R$ 2 milhões.

Entre as emendas protocoladas por Jeruza destaque para a Secretaria da Mulher, que poderá contar com R$ 500 mil para a implantação da Casa de Abrigamento temporário para mulheres vitimizadas por violência, e R$ 500 mil para a reinauguração da Sala Rosa, na Delegacia de Poá.

Duas emendas de R$ 30 mil e uma de R$ 180 mil totalizam R$ 240 mil a serem destinados para a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social para o repasse às entidades assistenciais do município.

Ao todo oito associações deverão ser beneficiadas, cada uma com R$ 30 mil.

Na assistência ao portador de deficiência a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Poá deverá ser beneficiada.

Já na assistência ao idoso, o repasse fica para a Instituição Assistencial Cristã Lar Mãe Mariana.

No que tange às entidades que empreendem ações voltadas à criança e ao adolescente, seis poderão ser contempladas: Sociedade de Amparo ao menor Paulo de Tarso, Associação grupo Esperança Crianças e Mentes em Ação, Reino da Garotada, Aldeias Infantis SOS de Poá, Batuíra de Poá e ONG Social Skate.

A vereadora também não abriu mão de pleitear investimentos na área da segurança pública, sobretudo, da manutenção da Guarda Civil Municipal (GCM), com destinação de R$ 500 mil para a capacitação do pessoal.

A Habitação finaliza as modificações com R$ 260 mil para o Fundo Municipal da Habitação, com o objetivo da criação do Plano Municipal de Habitação.

“Acredito que ações como a Casa Transitória e a reabertura da Sala Rosa, por exemplo, são atendimentos diretos oferecidos à população que merecem toda acuidade no trato da questão que envolve a violência doméstica, um mal que assola a classe feminina diariamente”, destacou Jeruza Reis.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da vereadora Jeruza Reis (PTB-SP)Foto: Divulgação/Assessoria