Porto critica denúncia de supostas irregularidades em Canhotinho (PE)

PTB Notícias 10/03/2015, 7:15


O vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, Álvaro Porto (PTB), rebateu, na segunda-feira (9/3/2015), matérias publicadas pela imprensa local sobre denúncias de possível superfaturamento no cachê de artistas para festas no interior do Estado, apresentadas pelo parlamentar em fevereiro.

Segundo o deputado, os textos apontam semelhança entre as supostas irregularidades em shows e o questionamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) relativo à prestação de contas da Prefeitura de Canhotinho (PE), no exercício de 2008, época em que Porto administrava o município.

O parlamentar esclareceu que o TCE já apresentou decisão na qual deixou claro que ele não seria responsabilizado, pois, na época, não havia regras claras definidas pelo Tribunal para a situação.

O deputado disse, ainda, que na decisão do TCE, não há menção de superfaturamento ou shows fantasmas, mas questões relativas a certidões previdenciárias das empresas contratadas.

Álvaro Porto acrescentou que o governo tenta desqualificar seus questionamentos sobre alguns setores da administração do Estado.

Em aparte, o deputado Edilson Silva (PSOL) solidarizou-se com o vice-líder da oposição e o encorajou a seguir na busca de esclarecimento sobre as supostas irregularidades.

O deputado Júlio Cavalcanti (PTB) afirmou ter certeza da retidão de caráter de Porto e concluiu dizendo que o ocorrido é ação de quem, ao invés de prestar contas, desvirtua os fatos.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Assembleia Legislativa de Pernambuco Foto: Roberto Soares/Alepe