Prefeita de Caldas Novas se solidariza com familiares de mototaxista

PTB Notícias 14/05/2007, 11:30


A prefeita de Caldas Novas, Magda Mofatto (PTB/GO), solidarizou-se este fim de semana com os familiares do mototaxista Odney Aparecido Ferreira, de 19 anos, que estava desaparecido há 83 dias.

Na manhã de sexta-feira (11/05), na região do Sapé, foi encontrada uma ossada que possivelmente pertence ao mototaxista.

O tio da vítima, que esteve no local, confirmou que se trata do corpo de Odney, mas a polícia técnico-científica, que exumou o corpo, irá realizar exames mais detalhados, como o da arcada dentária, para confirmar a identidade do mesmo.

Magda também esteve no local onde foi ocultado o corpo, juntamente com o delegado titular de Caldas Novas, Divino Izonel, médicos legistas e demais autoridades responsáveis pela investigação do caso.

A prefeita petebista acompanhou o caso desde o início, realizando mutirões e buscas, além de dar apoio aos familiares do mototaxista.

“Há dois dias estive com a irmã dele, para buscarmos a motocicleta que foi encontrada na cidade de Jussara”, esclareceu a prefeita.

“Foi um trabalho muito intenso por parte do dr.

Divino, não só dele, como de toda a Polícia Civil.

Mas, ao mesmo tempo em que é muito doloroso para a família, é uma tranqüilidade para a sociedade saber que não é uma quadrilha que está agindo dentro do município, que foi um crime individual, onde ficamos sabendo quem fez, como fez e já detivemos o culpado.

A cidade inteira está comovida mas, ao mesmo tempo, existe essa sensação de tranqüilidade para a sociedade”, declarou Magda, emocionada.

Vilmar Inácio de Jesus, de 26 anos, foi apresentado como o assassino de Odney, tendo executado o mototaxista com 11 facadas.

“Várias facadas pela frente, algumas nas costas, um crime bárbaro e inaceitável.

O assassino era conhecido da família, amigo do Odney e não dá para se conformar com uma situação dessa.

Com certeza, esse rapaz tem desvios mentais, é um criminoso da pior estirpe que, por motivos inexistentes, tirou brutalmente uma vida”, concluiu a prefeita.

O delegado Divino Izonel declarou que está satisfeito com o trabalho executado pela polícia: “as pessoas cobram muito o resultado das investigações, entendemos essa ansiedade, mas a polícia agiu com agilidade e profissionalismo, conseguindo solucionar mais este caso”, finalizou.

Os familiares de Odney agradeceram à prefeita por acompanhar o caso de perto.

“Auando há uma autoridade que se preocupa com o que está a sua volta, principalmente com a população, os casos são resolvidos mais rapidamente”, afirmaram.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da Prefeitura de Caldas Novas)