Prefeita Ione Sobral comemora sucesso do Encontro Cultural de Laranjeiras

PTB Notícias 10/01/2012, 7:47


Exposições fotográficas e de artesanato, oficinas de arte, apresentação de grupos folclóricos, teatro e dança, saraus em residências da cidade, shows com artistas e bandas locais e nacionais.

Esta é a marca do XXXVII Encontro Cultural de Laranjeiras (SE), maior e mais importante evento de cultura no Brasil, que foi encerrado na madrugada desta segunda-feira (09/01), com a apresentação da banda Danielzinho e Forrozão Quarto de Milha.

Na avaliação da prefeita Ione Sobral (PTB), o Encontro Cultural de Laranjeiras é sucesso graças ao esforço da gestão municipal e do povo laranjeirense, que prepara uma festa bonita e irreverente todos os anos.

“Este evento tão grandioso foi criado há quase 40 anos, através da sensibilidade e da paixão do então prefeito José Monteiro Sobral, que contou com um esforço coletivo de governos e de todo o povo laranjeirense.

Ao longo destas quase quatro décadas de trajetória, o Encontro Cultural está consolidado como um dos maiores do gênero em todo o País.

Prova disso é que Laranjeiras é hoje a Capital da Cultura Popular.

Portanto, só temos a agradecer”, ressaltou a prefeita.

Na manhã deste domingo, a programação do último dia começou logo no início da manhã com um cortejo de grupos folclóricos pelas principais ruas de Laranjeiras, em direção à igreja São Benedito, no povoado Comandaroba.

No templo católico, foi realizada uma missa e a tradicional coroação da Rainha das Taeiras.

Em seguida, dezenas de brincantes de diversos grupos folclóricos deixaram a igreja e voltaram em cortejo por outras ruas da pequena cidade histórica sergipana.

À tarde, representantes de grupos folclóricos e religiosos saíram às ruas em procissão para homenagear São Benedito e Nossa Senhora do Rosário.

À noite e na madrugada desta segunda-feira, a diversão dos laranjeirenses e turistas ficou por conta dos shows da dupla sertaneja Pedro Henrique e Gabriel, Sai de Bamba e Danielzinho e Forrozão Quarto de Milha.

Na avaliação do secretário municipal de Cultura, Irineu Fontes, esta edição do Encontro Cultural de Laranjeiras foi a melhor de todos os tempos.

“Trabalhamos muito para fazer acontecer este evento tão importante para a cidade de Laranjeiras, Sergipe e para o Brasil.

Em sete dias, reunimos uma diversidade de atrações; passaram por aqui mais de cem grupos folclóricos, artistas e bandas conhecidos no Estado e no Brasil, realizamos oficinas de arte, exposições fotográficas e de artesanato, teatro, dança, mesas-redondas, simpósio, entre outras manifestações culturais.

É justamente por conta dessa diversidade que conseguimos atrair um público de diferentes partes do País”, destacou Irineu Fontes.

O Encontro Cultural de Laranjeiras surgiu há 35 anos a partir de uma quermesse criada para obter fundos com a intenção de ajudar a população mais necessitada da cidade.

Nesta quermesse, ocorria a exposição e venda de artesanato, apresentação dos grupos e venda de comidas típicas no mês de janeiro, coincidente com a Festa de Santos Reis.

Assim formalizou-se o Encontro Cultural de Laranjeiras, evento que reúne estudiosos, pesquisadores e brincantes populares de todo o país.

O evento, que reúne fazedores de cultura, se mantém vivo e forte na cultura sergipana a cada ano.

O Encontro Cultural de Laranjeiras tem como cenário uma cidade patrimônio, e tem uma programação fixa que adere a uma enorme gama de grupos folclóricos há 37 anos.

Não é pouco, é muita tradição.

É neste período em que a população tem mais uma oportunidade de mostrar o que Laranjeiras possui de melhor.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Faxaju