Prefeita Kelly Moraes quer implantar Pronto Socorro Municipal

PTB Notícias 18/12/2008, 15:00


Ao anunciar o nome de Leni Dias Weigelt como futura secretária de Saúde, a prefeita eleita Kelly Moraes (PTB/RS) revelou uma meta ousada: a implantação do Pronto Socorro Municipal nos seis primeiros meses de governo.

Parte dos recursos viria da União.

Segundo o vice-prefeito eleito, Luiz Augusto Campis, o projeto está avaliado em R$ 3 milhões.

Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira, Kelly garantiu que a saúde é prioridade número um.

A escolha para comandar uma das áreas mais delicadas da administração teria sido meramente técnica.

“Ela preenche o perfil e tem a qualificação que buscávamos”, afirma Campis, que tratou pessoalmente da definição.

Com experiência na área há mais de 20 anos, Leni é professora do curso de Enfermagem da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e doutora em Desenvolvimento Regional na área de política pública.

“O convite foi uma surpresa”, afirmou a futura secretária, que já trabalhou no Grupo Hospitalar Conceição, em Porto Alegre.

Mesmo ainda se inteirando da função, Leni aponta a falta de infra-estrutura e de investimentos na prevenção como as principais carências do setor.

“Temos a Estratégia de Saúde de Família (ESF), que possui nove unidades e precisa de mais profissionais.

Tem que olhar com todo o carinho.

Quero me identificar, conhecer, buscar informações para elaborar o planejamento junto com a Kelly e o Campis”, ressaltou.

Ainda nesta-quarta-feira, foram divulgados os nomes de Núbia Bruch na diretoria executiva de Saúde; de Neli Groff da Silva na subsecretaria de Turismo e de Lauro Castro, indicado pelo PSB, na subsecretaria de Administração.

Os outros dois diretores de Saúde ainda não foram anunciados, assim como os subsecretários de Planejamento, que ficará com o PT; de Desenvolvimento Econômico e de Educação.

A esposa do deputado Heitor Schuch, Denila Schuch, ficará interinamente na subsecretaria de Desenvolvimento Social.

Com o anúncio desta quarta, faltam ser definidos apenas dois futuros secretários: o de Transportes e Serviços Públicos e o de Administração.

Eles devem sair até o fim de semana.

Ambos serão do PTB, e o partido aguarda uma definição sobre a PEC dos Vereadores para anunciar os nomes.

A assessora parlamentar Ana Paula Konzen deve ser confirmada na chefia de gabinete.

Segundo Kelly, o primeiro escalão estará completo até a próxima terça-feira, quando haverá uma reunião de todo o grupo para preparar o começo da administração.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da Gazeta do Sul)