Prefeita Kelly Moraes: Santa Cruz do Sul terá Coleta Seletiva Solidária

PTB Notícias 11/04/2012, 18:50


Na manhã da última segunda-feira, 09/04, uma Comitiva formada por integrantes do Fórum de Ação pela Coleta Seletiva Solidária e Reciclagem do Lixo em Santa Cruz do Sul (Facs), foi recebida pela prefeita daquele município do Rio Grande do Sul, Kelly Moraes (PTB), pelo vice-prefeito Luiz Augusto Costa a Campis e outras autoridades, no gabinete do executivo.

O encontro teve como objetivo principal buscar o apoio da Prefeitura para a realização da Coleta Seletiva Solidária em Santa Cruz do Sul.

A ação será desempenhada pela Cooperativa dos Catadores e Recicladores de Santa Cruz do Sul (Coomcat).

O projeto será implantado em etapas com a capacitação das pessoas que farão a coleta, compra de equipamentos e sensibilização da população.

Também o início do trabalho vai se dar de forma gradual, num processo integrado entre catadores, moradores e Poder Público.

Os três primeiros bairros contemplados serão: Centro, Higienópolis e Goias.

Para elaborar o cronograma de atividades e planejamento estarão envolvidas diversas entidades, além da Coomcat e Secretarias Municipais de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Econômico.

A proposta é incluir no final do processo cerca de 100 catadores de rua de forma organizada, com uniformes, horários de coleta e roteiros, além de capacitação em processos produtivos e leis de trânsito através de parcerias com CFC`s e outras entidades como universidades e escolas.

O coordenador geral da Coomcat, Fagner Jandrey, torce pelo bom funcionamento do projeto e pela aceitação e adesão da comunidade.

“Hoje foi um dia histórico para nosso município, pois, foi feita uma opção pela justiça social e pela preservação do meio ambiente.

Foi tomada a decisão que todos os que estão nesta caminhada queriam ouvir, o “sim” à coleta solidária.

Isto é fruto da mobilização de toda a sociedade e o mérito é de todos aqueles que acreditam que podemos mudar as coisas”, afirma.

Segundo ele, tudo indica que em três meses a Coleta Seletiva Solidária iniciará nos bairros selecionados em Santa Cruz.

“Antes, teremos reuniões de trabalho, a capacitação dos catadores, compra de alguns equipamentos e é fundamental a conscientização da população”, explica.

A Prefeita, Kelly Moraes, salientou que este projeto é o resultado de uma longa caminhada, iniciada em 2009 pelo Fórum e cooperativa, que vem sendo acompanhada pelo Poder Público.

“É um desafio implantar a Coleta Seletiva Solidária, mas sabemos da importância tanto social quanto ambiental da realização dessa iniciativa.

É preciso o trabalho em conjunto e a conscientização para que dê certo”, disse a Prefeita.

Ainda participaram da reunião representantes da Universidade de Santa Cruz do Sul, da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), do Banco do Brasil, do Instituto Humanitas, Escola Família Agrícola e Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR).

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Diário Regional