Prefeita Kelly Moraes se reúne com Conselho Pró-Segurança Pública

PTB Notícias 27/02/2009, 9:22


Gestor do estacionamento rotativo pago de Santa Cruz do Sul, o Conselho Pró-Segurança Pública (Consepro) se reúne nos próximos dias com a prefeita Kelly Moraes (PTB) para debater um pacote de mudanças no sistema.

A principal reivindicação é o aumento na fiscalização por parte dos agentes municipais de trânsito, medida que pode evitar o reajuste das tarifas, congeladas desde novembro de 2003.

Desde o fim do ano passado o Consepro vem avaliando a possibilidade de corrigir o valor do estacionamento rotativo, mas o índice que poderá ser aplicado ainda está indefinido.

Ao mesmo tempo em que não descarta o aumento, o presidente do Consepro, Carlos Sehn, salientou ontem, após reunião do Conselho Municipal de Trânsito (Comtran), que a intenção é mesmo apertar a fiscalização.

Isso já seria suficiente para dar mais eficiência ao Rapidinho e aumentar a arrecadação, que após um reequilíbrio no ano passado está voltando a perder fôlego para fazer frente principalmente às despesas com pessoal.

Com atuação em mais de 30 quadras do Centro, o Rapidinho conta com quase 40 fiscais.

“Tem muita gente que não paga porque sabe que a fiscalização não é a ideal”, lamentou Sehn, salientando que a Brigada Militar está auxiliando no controle do sistema.

“A fiscalização é fundamental”, cobrou ele, exemplificando que em Lajeado o estacionamento rotativo é idêntico ao de Santa Cruz, mas lá a vigilância por parte dos agentes de trânsito é mais eficaz.

Na reunião com a Prefeitura o Consepro também irá reavaliar a área de atuação do Rapidinho e solicitar mais sinalização da chamada zona azul.

Por maior que seja a boa vontade da Prefeitura, no entanto, é difícil que a fiscalização no estacionamento rotativo seja reforçada imediatamente.

Dos 16 agentes de trânsito nomeados no começo dos anos 2000, hoje restam apenas sete para controlar uma frota de 58 mil veículos em Santa Cruz.

Não há previsão para a seleção de novos azuizinhos.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da Gazeta do Sul