Prefeita lança CD Projeto Mestres da Gente e Cartilha Cultural Laranjeiras

PTB Notícias 24/05/2010, 7:30


Com discurso emocionado, a prefeita de Laranjeiras, Ione Sobral (PTB), lançou na última semana, o CD do projeto “Mestres da Gente”, com músicas cantadas pelas mestras Dona Lalinha e Dona Lourdes.

Na mesma solenidade, a superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em Sergipe lançou a “Cartilha Cultural Laranjeiras”, de autoria da Professora Aglaé D´Ávila Fontes, que já produziu diversas obras contando a história de Sergipe e de Laranjeiras.

“Laranjeiras dá hoje, aqui neste fim de tarde, dois passos importantes para o desenvolvimento da cultura; o lançamento do CD Mestres da Gente e do livro intitulado Cartilha Cultural de Laranjeiras, da professora Aglaé Fontes.

Desde já quero dizer que esta obra escrita vai ser reeditada pela prefeitura em formato ampliado.

A Prefeitura de Laranjeiras está engajada em apoiar este projeto, tendo em vista que este material vai fazer parte do acervo das escolas, tendo como multiplicadores os professores e alunos.

Vejo também que a própria população necessita conhecer a história da cidade em que vivem”, afirmou a prefeita.

“Ao mesmo tempo em que a Prefeitura apóia a obra da professora Aglaé Fontes, não mediremos esforços para divulgar o CD Mestres da Gente.

A meu ver, estamos divulgando para o público resultados alcançados pelo Projeto “Mestres da Gente” e homenageando assim os Mestres laranjeirenses, cujas vozes e ritmos vão ser lembrados por pessoas de outras gerações.

Para que saibam, meus caros, Laranjeiras é o único município que já aprovou a “Lei dos Mestres”, populares tão importantes no desenvolvimento cultural no Brasil.

Através deles é que nós preservamos as diversas manifestações culturais”, acrescentou Ione Sobral.

O livro da Professora Aglaé Fontes reúne informações sobre a história e o patrimônio cultural de Laranjeiras, com a proposta de que os professores tenham um material a ser desenvolvido nas escolas para que o rico patrimônio cultural laranjeirense seja melhor conhecido e que se provoque nos estudantes a consciência sobre a sua valorização e necessidade de proteção.

Editado pelo Iphan/SE, é uma contribuição para o fortalecimento da Educação Patrimonial em Laranjeiras.

“Laranjeiras é o berço da cultura sergipana com informações riquíssimas que precisam ser mostradas à própria população que residente aqui.

Esta obra deve ser circulada nas escolas.

Não quero jamais que estes livros fiquem guardados nas estantes.

Quero que sejam livros vivos e proveitosos para o desenvolvimento de uma gente.

É importante frisar que Laranjeiras faz parte da minha história.

Foi neste município que lancei o meu primeiro livro e aqui, juntamente com outras pessoas ligadas à cultura que ajudei a criar o Encontro Cultural de Laranjeiras.

Portanto, esta cidade me orgulha”, afirmou Aglaé D”Ávila Fontes.

Após o lançamento a professora promoveu uma sessão de autógrafos na oficina-escola de Laranjeiras.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da ASCOM / Site da PML