Prefeito Amazonino Mendes vai aumentar volume de crédito em 2010

PTB Notícias 26/11/2009, 11:30


A Prefeitura de Manaus vai aumentar o volume de crédito do Banco da Gente para beneficiar mais micro e pequenos empreendedores, em 2010.

A garantia foi dada pelo prefeito Amazonino Mendes, hoje (25/11), durante a reunião de entrega das cartas de crédito a 329 pessoas que tiveram seus empréstimos aprovados para a terceira ação do Banco, desde que ele foi criado, em setembro deste ano.

Até agora, o programa já disponibilizou mais de R$ 3,3 milhões atendendo a aproximadamente 800 pessoas.

“Esse é um programa que tem a minha cara, porque só assim eu posso ouvir o que pessoas como a Lucimar têm a dizer”, afirmou o prefeito, referindo-se ao depoimento da empresária Lucimar Freitas que em setembro teve sua loja de calçados e bolsas incendiada no Cecomiz e encontrou a chance de recomeçar com o Banco da Gente.

“Ela batalhou para ter o seu negócio e do dia pra noite acordou sem nada.

Teve o seu momento de desesperança e pensou que não encontraria ninguém para ajudá-la.

Mas tem gente sim para lhe estender a mão, tem o Negão aqui”, afirmou, emocionado, o prefeito.

Amazonino lembrou que o Banco da Gente tem enorme impacto social em Manaus porque dá prioridade aos pequenos, para aqueles que não conseguem encontrar apoio financeiro em outras instituições.

“É gente que trabalha e por isso tem o nosso apoio”, afirmou.

O prefeito lembrou que esta foi sempre a sua linha de trabalho, dando como exemplo a criação da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), quando governador.

“Deixamos a Afeam consolidada, com um volume de recursos da ordem de R$ 300 milhões”, disse.

“Agora temos o Banco da Gente e eu vou fazer tudo que estiver ao meu alcance para aumentar o volume de recursos a partir do próximo ano, para que mais pessoas sejam beneficiadas”.

Amazonino destacou “o comando competente do secretário Sidney Leite, um trabalhador que tem a capacidade de reunir em sua volta uma equipe muito eficiente”.

Crédito liberado é de R$ 1,5 milhãoA terceira ação de liberação de crédito do Banco da Gente, no auditório da Prefeitura de Manaus, beneficiou diretamente 329 micros e pequenos empreendedores com crédito de até R$ 5 mil.

A média foi de R$ 4,5 mil e o volume total dos créditos concedidos foi de R$ 1,5 milhão.

Até agora o Banco da Gente já beneficiou mais de 800 pessoas e o volume total de crédito liberado é de R$ 3,3 milhões.

Na segunda quinzena de dezembro haverá a quarta e última operação de crédito deste ano e o volume estimado para fechar o balanço de 2009 é da ordem de R$ 6 milhões em empréstimos concedidos, com um saldo em caixa de R$ 4 milhões para 2010.

“Nestes primeiros meses de Banco da Gente foi dada prioridade absoluta aos micro e nano empreendedores autônomos, que tiveram acesso a crédito de até R$ 5 mil.

Mas nós também trabalhamos com pequenos e médios empresários que têm acesso a até R$ 10 mil”, informou o secretário de Projetos Especiais e Gestão Tecnológica (Semtec), Sidney Leite.

O secretário lembrou, ainda, que o Banco da Gente não se preocupa apenas em emprestar o dinheiro, mas também com o acompanhamento técnico e o aperfeiçoamento dos negócios.

“Por isso temos parcerias com o Sebrae, por exemplo, para estimularmos esse empreendedor a buscar inovações para o seu trabalho”, disse.

O Banco da Gente funciona na rua Fortaleza, 443B, Adrianópolis e o atendimento ao público é realizado das 9h às 15h.

“No Banco da Gente me senti gente, mesmo”A empresária Lucimar Freitas, que obteve crédito do Banco da Gente, foi o destaque na reunião de hoje, no auditório da Prefeitura de Manaus.

Chamada para falar em nome dos demais beneficiados, Lucimar contou que teve sua loja incendiada no Cecomiz e que perdeu tudo.

“Quando acordei pela manhã, vi que tinha perdido a minha pequena loja e imaginei: hoje é o dia do recomeço da minha vida.

Não sabia bem o que fazer, mas aí procurei o Banco da Gente e esse nome faz jus à realidade: lá eu me senti gente, de verdade”, contou.

“Fui tratada com toda atenção e carinho desde a recepção até a gerência”, contou.

Lucimar agradeceu ao secretário Sidney Leite e ao prefeito Amazonino Mendes por manterem um programa que dá oportunidade a tanta gente e “que mantém nossos sonhos vivos”.

E agradeceu nominalmente aos funcionários do Banco da Gente pelo tratamento recebido.

Outros três beneficiados receberam as suas liberações de créditos das mãos dos integrantes da mesa e agradeceram em nome dos demais.

Agência Trabalhista de Notícias com informações da Prefeitura de Manaus