Prefeito Auricchio dá reajuste ao funcionalismo público de São Caetano

PTB Notícias 21/06/2012, 8:38


Cerca de um mês e 20 dias após o vencimento da data base do funcionalismo público de São Caetano (1º de maio), a categoria comemorou sucesso na negociação com o prefeito José Auricchio Júnior (PTB) que vai conceder 4,97% de reajuste salarial referentes à variação da inflação e dará pontapé inicial na implantação do PCCV (Plano de Cargos Carreira e Vencimentos).

O Sinsdserv de São Caetano (Sindicato dos Servidores Públicos) encontrou barreiras na negociação com o prefeito por, segundo a instituição, uma conversa entre os executivos no Consórcio Intermunicipal.

O diálogo indicava que a legislação, por se tratar de ano eleitoral, só permitiria reajuste da inflação de janeiro a abril, ao contrário do solicitado, que compreende o ano cheio de maio a maio.

“Mas aí o prefeito peitou o entendimento do Consórcio e foi buscar parecer de um especialista em São Paulo.

Quando obteve a resposta, liberou o reajuste”, explica Miguel Parente Dias, presidente do sindicato.

A previsão é de que a matéria seja submetida a avaliação do Legislativo na próxima sessão ordinária, marcada para terça-feira.

A segunda conquista é em relação ao PCCV.

A GCM (Guarda Civil Municipal) será a primeira a ser privilegiada pelo plano que irá aumentar o salário base que beira R$ 200 para cerca de R$ 700.

O prazo para implementação do plano é de 18 meses após aprovação.

“Mais de 400 guardas vão ser enquadrados em primeiro momento”, explica Dias.

A corporação sempre se queixou do baixo ordenado, apesar de ter a remuneração completada por abonos e gratificações.

“Essa é uma briga de 60 anos que começa ser concretizada, é uma grande vitória”, resumiu Dias.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Diário do Grande ABC