Prefeito Auricchio prevê orçamento 16,4% maior para 2012 em S.Caetano

PTB Notícias 25/11/2011, 6:13


Ontem, 24/11, durante a sessão ordinária da Câmara de São Caetano (SP), o projeto de lei de autoria do prefeito José Auricchio Jr (PTB), que trata do orçamento da cidade para o próximo, ano passou pela primeira discussão e votação.

A peça orçamentária prevê um fluxo de caixa de R$ 901 milhões para o próximo ano, uma elevação de 16,4% sobre o orçamento deste ano que é de R$ 773 milhões.

O projeto de lei foi aprovado em primeira votação com 11 votos favoráveis e apenas o vereador Edgar Nóbrega (PT) votou contra.

Ele disse que apresentará emendas ao projeto de lei e que já começou a prepará-las.

O líder do governo, Paulo Bottura (PTB) disse que a peça orçamentária foi bem elaborada e tomou como base o crescimento econômico da cidade.

“A perspectiva é boa principalmente por conta dos novos investimentos que a cidade está recebendo, como por exemplo a construção e inauguração do ParkShopping São Caetano.

Somente no shopping a perspectiva é de vendas entre R$ 700 milhões e R$ 900 milhões por ano, ou seja, só lá eles vão movimentar quase um orçamento da cidade”, destacou.

Além disso Bottura falou ainda de novos investimentos no setor imobiliário da cidade.

O líder do governo destacou ainda avanços nas diversas áreas da administração municipal.

A Secretaria de Planejamento e Gestão, terá um orçamento de R$ 90 milhões, um aumento de 39,4% em comparação com o orçamento corrente; Serviços Urbanos terá R$ 41 milhões, alta de 30%; Mobilidade Urbana, R$ 16 milhões, mais 19% em relação a verba deste ano; Inclusão Social, R$ 31 milhões, alta de 15,6%; Educação terá orçamento de R$ 188 milhões, alta de 22,6%; a Saúde vai trabalhar com R$ 200 milhões, um aumento de 16,4%; e a Segurança terá aumento de 19,5%, com R$ 16 milhões.

Segundo Bottura, as áreas prioritárias foram privilegiadas como Mobilidade, Serviços Urbanos, Educação, Saúde e Inclusão Social.

“Trata-se de um investimento maciço, em uma cidade que registra um crescimento como o nosso”, pontuou.

A próxima votação do orçamento vai acontecer na terça-feira.

Para amanhã, às 11h30 foi convocada uma sessão extraordinária para discutir projetos do Executivo, entre eles um que promove mudanças na estrutura do DAE (Departamento de Água e Esgoto).

“A proposta foi planejada dentro da realidade da situação econômico-financeira do município, bem como do país como um todo”, destacou Auricchio aos vereadores.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Jornal ABC Repórter