Prefeito Carlos Rafael fala de geração de empregos em Cajazeiras (PB)

PTB Notícias 26/06/2012, 6:20


O prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael (PTB), em entrevista a Rádio Patamuté FM de Cajazeiras na última, ao ser indagado a cerca da problemática do lixão da cidade, que está sendo queimado quase diariamente, disse que está tomando medidas para resolver o caso e aproveitou para criticar a administração do ex-prefeito Carlos Antonio (DEM).

“O lixão hoje só é lixão porque a administração de oito anos recebeu mais de 4 R$ milhões para fazer um aterro sanitário e não fez.

O ex-prefeito responde processo até hoje para devolução de recursos desse projeto”.

Atacou o gestor Rafael declarou que tem uma pessoa contratada pela oposição de Cajazeiras para atear no fogo no lixão, que inclusive, já sabe o nome do responsável.

Ele informou que vai acionar a polícia para tomar providências para o caso.

“A pessoa que está fazendo isso é mandada.

É a mesma pessoa que rasga as sacolas para deixar a cidade suja”.

Acusou o prefeito O gestor afirmou que está tomando medidas para resolver o problema do lixão na cidade e vai construir o aterro sanitário consorciado com as prefeituras de Bom Jesus e Cachoeira dos Índios.

Emprego O prefeito assegurou que a administração precisa gerar empregos, que contribuam para o desenvolvimento da cidade, diferente do que ocorreu com a administração de Carlos Antonio, que ofertou trabalhos somente para ganhar as eleições de 2008.

“Cadê os empregos da Sazaki.

Cadê os 200 empregos da Dakota?”, indagou o Prefeito.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Segundo o gestor, Cajazeiras tem uma vertente para gerar emprego, que é a educação.

“Temos dois cursos de medicina na cidade.

Isso atrai professores, estudantes e aquece a área da construção civil” Ele lembrou da indústria de medicamento que será instalada na cidade, onde vai gerar 300 empregos na primeira fase.

“Serão empregos de verdade, porque sabemos quem são os investidores, sabemos onde vai ser instalada.

Não adianta vender ilusões dizendo que Cajazeiras vai se transformar em um grande canteiro de obras”, declarou Rafael.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Diário do Sertão