Prefeito Chico Galindo profere palestra na Unirondon, em Cuiabá

PTB Notícias 14/06/2010, 17:59


Com a presença de alunos do curso de Transacões Imobiliárias do CETEP – Centro de Cursos Tecnólogo e Pós Graduacão da Unirondon, além de jornalistas e corretores de imóveis, o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, proferiu na última quinta-feira (10-06) uma palestra (“O futuro imobiliário da Capital frente aos investimentos”) no auditório da Unirondon, na abertura do 1o.

Seminário do Mercado Imobiliário que o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci/MT) promoveu no Estado.

O evento contou com a participação do Sindicato da Habitação de Mato Grosso (Secovi/MT), Centro Universitário Unirondon e o Cetep (Centro de Cursos Tecnól ogo e Pós Graduação), e foi voltado à discussão do futuro imobiliário de Cuiabá, em função dos investimentos da Copa 2014, novas tendências de mercado, expansão construtiva e econômica no segmento e outros itens relacionados às breves transformações de infraestrutura na Capital.

Galindo elogiou a maciça participação de jovens no mercado imobiliário e o curso da área que a Unirondon e CETEP Centro de cursos ministram (Negócios Imobiliários).

Também externou elogios à dedicação do presidente Rui Pinheiro pelo segmento.

“Ele dedicou praticamente sua vida inteira ao setor imobiliário, modernizando-o de forma dinâmica.

Isso facilita em muito o trabalho das pessoas nos dias atuais.

Rui está de parabéns pelo trabalho prestado não apenas a Cuiabá, mas a todo o território mato-grossense”.

O prefeito discorreu sobre metas da Municipalidade, projetos direcionados ao perímetro urbano da Capital, a nova legislação de Uso e Ocupação de Solo, Plano Diretor Estratégico de Cuiabá e Copa 2014.

Afirmou que as duas maiores obras viárias de Cuiabá são hoje a Avenida Miguel Sutil e a Avenida das Torres, “e agora nos preparamos para entregar uma terceira igualmente importante, o Rodoanel'”.

Na sua palestra, enquanto exibia vídeos, Chico Galindo informou que Cuiabá comporta atualmente milhares de terrenos baldios na área urbana, cujos propriet ários – observou – parecem desinteressados em acatar as diretrizes que o Município estabelece para esse caso.

“Mas vamos agir com rigor.

Registramos hoje 41 mil terrenos baldios em Cuiabá, e isso vai ser regularizado, sim, além de outros problemas que atrapalham o desenvolvimento da Capital.

O novo zoneamento permite, por exemplo, a Transferência do Potencial Construtivo.

Os bairros Araés, Dom Aquino e Baú constam entre os que podem receber esse projeto”.

Prefeitura de Cuiabá