Prefeito de Barretos e ministro do Trabalho premiarão jovens da cidade

PTB Notícias 23/01/2011, 10:22


O Ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Roberto Lupi, e o Deputado Federal Paulinho da Força, estarão em Barretos nesta segunda-feira (24/01/2011), para a entrega dos Certificados de conclusão dos cursos do PROJOVEM TRABALHADOR.

A cerimônia acontece no Teatro Jorge Andrade da UNIFEB, a partir das 19 horas, e será presidida pelo prefeito de Barretos, o petebista Emanoel Mariano Carvalho.

Receberão o Certificado os jovens que obtiveram, no mínimo, 75% de presença nas aulas.

Após a cerimônia de entrega os presentes participarão, ainda, de uma palestra proferida pelo Gerente Regional do SEBRAE, Evandro Saturi, que abordará o tema: “As Oportunidades de Ser Empreendedor Formal”.

Na ocasião, o prefeito Emanoel Carvalho vai entregar ao Presidente da Câmara Municipal, Juninho Leite, um projeto de lei de indicação do Vereador, Leandro Anastácio, que concede incentivo fiscal aos empresários que contratarem mão de obra do primeiro emprego e aos jovens empreendedores que abrirem seu próprio negócio.

A conclusão desses cursos é fruto do trabalho do vereador Leandro Anastácio, PDT, que, num esforço com o deputado Federal Paulinho da Força, também do PDT, conseguiram para Barretos a liberação de recursos junto ao Ministério do Trabalho e Emprego para implantar o programa PROJOVEM TRABALHADOR – JUVENTUDE CIDADÃ.

O Ministério do Trabalho e Emprego e a Prefeitura investiram perto de 3,2 milhões de reais para preparar 2 mil jovens para o mundo do trabalho.

A capacitação inicial em uma profissão amplia a esperança em um futuro melhor.

“Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) mostra que os profissionais com mais escolaridade ocupam a maior parte das vagas no mercado de trabalho”, ressalta o Prefeito Dr.

Emanoel.

Sua visão é comungada com a diretora do Escritório da Organização Internacional do Trabalho – OIT no Brasil, Laís Abramo, quando diz que os avanços na agenda de emprego para a juventude são importantes, mas ainda há muitos desafios a ser superados.

“Há uma espécie de ciclo vicioso: o jovem não entra no mercado de trabalho porque não tem experiência, mas para ter experiência ele precisa estar dentro do mercado.

Medidas de aprendizagem, por exemplo, são muito importantes para romper essa barreira” diz ele.

Os 2 mil jovens receberam um “Kit” estudantil com todo material didático, seguro de vida e bolsa auxílio no valor de cem reais por mês, durante os seis meses.

Foram alcançados pelo programa os jovens de 18 a 29 anos.

“Este é mais um dos programas do governo Federal para atender a uma das dimensões da Política Nacional de Juventude, que é a dimensão da inclusão, contemplando os jovens que estão fora da escola, do mercado de trabalho e sem direito a uma vida digna e cidadã”, afirmou o Prefeito, Dr.

Emanoel.

fonte: site da Prefeitura de Barretos (SP)