Prefeito de Belém Duciomar se solidariza com as vítimas do desabamento

PTB Notícias 1/02/2011, 16:21


O prefeito de Belém, Duciomar Costa (PTB-PA), visitou no último domingo, 30/01/2011, o local do desmoronamento do prédio Real Class, que estava em construção na Travessa 3 de Maio.

O prefeito está acompanhando de perto os trabalhos das equipes do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, e se solidarizou com a família da primeira vítima fatal confirmada.

Segundo informações das equipes de resgate, o corpo da vítima estava na casa que fica ao lado do prédio que desabou.

Na residência, durante o acidente, havia 2 pessoas, a senhora Maria Raimunda Fonseca, de 67 anos, e um pedreiro que fazia serviços na casa.

O homem conseguiu escapar do soterramento, mas a senhora, não.

O filho de Maria Raimunda, Antônio Remídio, conversou com o prefeito, que se disponibilizou em apoiar a família no que fosse preciso.

O pai e o irmão de Antônio, que também moravam na casa soterrada, estão abrigados por amigos.

O Corpo de Bombeiros, em parceira com a Defesa Civil, continuam as buscas por possíveis vitimas do acidente.

De acordo com Mário Chermont, coordenador da Defesa Civil Municipal, pelo menos seis pessoas estão desaparecidas.

Duas pessoas atingidas pelo desabamento foram encaminhadas para o Pronto Socorro da 14 de Março e já passam bem.

Desde o início da tarde de sábado, 29, quando ocorreu o desabamento, Duciomar Costa, consternado com a tragédia e solidário com as vítimas, esteve no local e se reuniu com representantes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil Municipal e Estadual, e Forças Armadas.

O prefeito se prontificou a colaborar no que fosse preciso para ajudar nas buscas e na remoção de escombros, bem como na limpeza do local.

Ao todo, 200 funcionários da Prefeitura de Belém estão trabalhando em regime de plantão na área da tragédia.

Sesan, Sesma, Seurb, Semma, Guarda Municipal, Funpapa, CTBel, Defesa Civil e AmaBelém participam dos trabalhos.

A Sesma disponibilizou três Unidades de Suporte Avançado (USA) – ambulâncias do tipo UTI – e quatro Unidades de Suporte Básico (USB) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) foram encaminhadas ao local para realizar os primeiros atendimentos aos possíveis sobreviventes do desabamento.

Trinta profissionais de resgate entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e motoristas atuam no local.

No Pronto Socorro Municipal de Belém da 14 de Março foi montado um sistema de plantão especial.

A Sesan trabalha no local com 15 caçambas, quatro pás mecânicas, dois carros muncks, dois hidrojatos, um caminhão pipa e guinchos.

No início da noite a Seurb disponibilizou 16 refletores e três escavadeiras para auxiliar no trabalho.

Agência Trabalhista de Notícias, (IS) com Informações da Prefeitura de Belém