Prefeito de Juiz de Fora anuncia mudanças na Secretaria de Saúde

PTB Notícias 4/10/2007, 9:26


Para resgatar o atendimento humanizado e com respeito ao usuário, o prefeito de Juiz de Fora, Alberto Bejani (PTB/MG), anunciou na tarde desta quarta-feira (03/10), mudanças no comando da Secretaria de Saúde, Saneamento e Desenvolvimento Ambiental (SSSDA).

Durante uma visita ao Hospital de Pronto Socorro (HPS) Dr.

Mozart Geraldo Teixeira, na noite da última terça-feira (02/10), o prefeito ficou indignado com o tratamento dispensado aos pacientes da unidade e determinou as alterações.

Maria Aparecida (Nininha) Soares deixa a Secretaria de Governo e Articulação Institucional e volta a assumir o comando da SSSDA no lugar de José Otávio Ferreira Amaral, que, a pedido do prefeito, colocou o cargo a disposição.

A subsecretária da Mulher, Maria Luiza Moraes, passa a acumular interinamente a Secretaria de Governo e Articulação no lugar de Nininha.

O prefeito também substituiu a direção geral do hospital.

A assistente social Simone Mathiasi de Oliveira, que ocupava a chefia do Departamento de Gestão de Pessoas da AMAC, assume a direção do HPS, em substituição a José Jerônimo Lima Benevides Sarmento.

Bejani deixou claro que as mudanças não serão apenas no comando da pasta da Saúde.

“Não quero mais que o cidadão seja atendido com descaso.

Quem vai a hospital é porque está sofrendo com algum problema e precisa de atendimento com calor humano e respeito.

É isto que estou exigindo.

Aquele funcionário que não tem paciência ou calor humano tem que pedir para sair.

Denúncias de mau atendimento no HPS serão apuradas e os responsáveis responderão pelos seus atos”, disse o prefeito, adiantando que vai apoiar Nininha Soares nas medidas que forem necessárias para resgatar o atendimento digno no HPS.

Durante a entrevista, Bejani lembrou que em apenas 24 dias do seu governo inaugurou o hospital com uma grande estrutura capaz de oferecer aos usuários do SUS atendimento com respeito e dignidade.

Por isto, não pode permitir que situações como as vistas durante a sua visita, nessa terça-feira, se repitam.

Bejani disse, ainda, que, a partir de agora, fará, toda semana, uma visita às unidades básicas de saúde e às policlínicas.

“Quero ouvir das pessoas, sentir de perto, como está o atendimento em todas as unidades de saúde”, disse Bejani, acrescentando que a Prefeitura investe na saúde cerca de R$ 100 milhões ao ano e, portanto, a assistência precisa ser com qualidade.

O prefeito Alberto Bejani afirmou também que estas mudanças não interferem na construção do Hospital da Zona Norte.

Na próxima semana, adiantou, será apresentada a listagem de terrenos da Prefeitura que podem ser vendidos para que os recursos sejam destinados à construção do hospital.

“Adianto que será possível arrecadar mais de R$ 20 milhões com venda dos terrenos.

Vamos construir e equipar o novo hospital”, assegurou Bejani, informando que o local com cerca de 20 mil metros quadrados já está definido: uma área ao lado da Viação São Francisco, no Bairro Nova Era.

O prefeito já havia anunciado que enviará à Câmara a proposta de venda de terrenos da Prefeitura que estão passíveis de invasões, sendo que os recursos serão carimbados para a construção do hospital.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da PJF)