Prefeito de Londrina prestigia homenagem a deputados federais

PTB Notícias 27/01/2009, 12:09


O prefeito de Londrina José Roque Neto, “padre Roque”, e o secretário Municipal de Saúde, Aparecido José Andrade, prestigiaram nesta segunda-feira (26/01) a homenagem feita pela direção da Irmandade da Santa Casa de Londrina (Iscal) aos deputados federais Alex Canziani (PTB), André Vargas (PT), Luiz Carlos Hauly (PSDB) e Homero Barbosa Neto (PDT).

A homenagem foi um agradecimento ao trabalho dos deputados pela liberação de R$ 23.

505.

164,03, para a conclusão das obras de ampliação da Santa Casa.

O evento foi um café da manhã no próprio prédio em construção, que é anexo ao hospital atual.

O ato reuniu autoridades, médicos, gerentes e voluntários da Iscal.

A verba do Governo Federal foi obtida através de emenda parlamentar da bancada de senadores e deputados do Paraná, tendo à frente dos trabalhos os quatro deputados.

A aprovação da liberação da verba foi publicada no Diário Oficial da União, de 15 de janeiro.

O prefeito José Roque Neto saudou a diretoria da Santa Casa e enfatizou a importância do trabalho conjunto dos deputados federais para atendimento às reivindicações das entidades e da população de Londrina.

“Nosso agradecimento aos parlamentares londrinenses, que não estão medindo esforços em Brasília para que a cidade de Londrina tenha atendidos os seus pedidos.

Estamos contando na prefeitura com o apoio de todos para que continuem buscando cada vez mais recursos para a cidade”, afirmou o prefeito.

Novo prédio – Durante o café, o superintendente da Iscal, Fahad Haddad, fez um relato de atividades da Instituição e apresentou as inovações que estão sendo implantadas, como a oxigenoterapia hiperbárica que deve entrar em funcionamento em março.

O projeto do novo bloco hospitalar também foi apresentado.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Iscal, o novo bloco terá 125 leitos de internação e 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, novas salas cirúrgicas, estrutura de apoio como heliponto e estacionamento.

Esses serviços serão distribuídos em 11 pavimentos e 1.

739,65 m² de área construída.

Seguindo as últimas tendências de preservação do meio ambiente, o prédio terá sistema de captação de água da chuva para refrigeração de ar condicionado, além de usar energia solar e sistemas de monitoramento de ambientes e de equipamentos.

A primeira parcela dos recursos será repassada assim que todas as exigências burocráticas forem cumpridas.

A expectativa é que isso ocorra até março.

A construção será retomada imediatamente após a chegada da primeira parcela de recursos.

A previsão é que o novo bloco hospitalar seja concluído em cerca de 18 meses.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do Jornal União)