Prefeito de Manaus Amazonino Mendes inaugura nova base do SOS Vida

PTB Notícias 17/03/2011, 15:29


A Prefeitura de Manaus inaugurou, nesta quarta-feira , 16/03/2011, às 10h, uma nova base do programa SOS Vida, instalada na rua 5, no Alvorada II, zona Centro-Oeste.

Resultado de investimentos próprios da ordem de R$ 324,6 mil (incluindo obra, mobiliário e equipamentos), a abertura da nova unidade marca o processo de expansão do serviço, que foi implantado em 2009 pelo prefeito Amazonino Mendes, com a finalidade de atender pessoas de baixa renda, em tratamento de saúde prolongado e que não têm como custear despesas de locomoção.

“Esta nova unidade amplia em 40% a capacidade de atendimento do programa, que hoje faz uma média 5,4 mil remoções por mês e terá condições de realizar, aproximadamente, 7,5 mil remoções”, afirma o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato.

A ampliação do SOS Vida faz parte do Programa de Reestruturação da Rede Pública Municipal de Saúde.

Para dar suporte à expansão do SOS Vida, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) ampliou em 70% o número de ambulâncias e em 100% a quantidade de veículos do tipo Van que fazem o transporte diário dos pacientes entre suas residências e as unidades de saúde.

Agora, a frota do serviço passa a dispor de 10 ambulâncias e 8 Vans, informa Francisco Deodato.

A equipe de recursos humanos do SOS Vida também foi ampliada, em 80%, com a contratação de mais 38 profissionais.

Desde que foi implantado, em novembro de 2009, até o último dia 14 de março, o SOS Vida já realizou 75.

811 atendimentos.

Deste total, aproximadamente 67.

473 beneficiaram doentes renais crônicos, em tratamento de hemodiálise.

Embora a maior demanda pelo serviço seja de doentes renais, entre os atendidos há, também, um grande número de pessoas em tratamento de quimioterapia, radioterapia, fisioterapia, pacientes transplantados, paraplégicos que necessitam trocar sonda, entre outras situações.

“A expansão do serviço segue orientação do prefeito Amazonino Mendes, que levou em consideração o enorme alcance social deste programa.

A meta da Prefeitura é descentralizá-lo para todas as zonas da cidade”, informa Deodato.

O presidente da Associação dos Crônicos Renais do Amazonas (Acram), Leôncio Teixeira, participou da solenidade de inauguração da nova unidade do serviço.

Ele disse que, diariamente, aproximadamente 1,1 mil pessoas se submetem à hemodiálise nas unidades de saúde especializadas de Manaus.

“A grande maioria destas pessoas não tem condições de arcar com os custos de transporte e, muitas delas, estão com a saúde extremamente debilitada, o dificulta a locomoção entre a residência e o local do tratamento.

O serviço prestado pelo SOS Vida tem contribuído muito para a melhoria da qualidade de vida das pessoas que são atendidas pelo programa”, disse Teixeira.

Jorge Balbino da Silva é cadeirante e foi um dos primeiros pacientes a ser beneficiado pelo serviço do SOS Vida, pois está cadastrado no programa desde novembro do ano passado.

Portador de lesão medular, ele precisa comparecer a um centro de fisioterapia, três vezes por semana.

“Eu posso dizer que, no SOS Vida, tenho a ajuda de um motorista que me protege e me conduz com total segurança.

Hoje, tenho a tranqüilidade de poder dar continuidade ao meu tratamento”, disse Silva, que também participou da inauguração da nova unidade do programa.

AtendimentoO SOS Vida dispõe de uma base central, instalada no Complexo Assistencial Tarumã, no bairro da Praça 14, zona Sul, onde também funcionam a Central de Regulação do SAMU e a Unidade Básica de Saúde Vicente Pallotti.

A solicitação dos serviços do SOS Vida deve ser feita sempre com antecedência, pois não se trata de atendimento de urgência ou de emergência, explica a gerente do programa, Cristina Teixeira.

A partir da solicitação do transporte, uma equipe de Serviço Social e de Psicologia faz a visita domiciliar para avaliar as condições socioeconômicas e físicas do paciente e verificar se ele se enquadra no público-alvo do programa.

“O paciente será cadastrado e sempre que necessitar da remoção para se submeter a tratamentos, exames de saúde ou até passar por consultas de perícia médica, poderá contar com o serviço de remoção oferecido pela Prefeitura”, acrescenta.

Para facilitar o acesso ao SOS Vida, a Semsa disponibiliza o telefone 0800-092-0192, que permite a realização de ligações gratuitas para quem precisar obter informações e solicitar cadastramento no serviço.

Inicialmente, as chamadas só podiam ser feitas para o telefone 3637-8024, que permanece funcionando.

Agência Trabalhista de Notícias, (IS) com Informações da Prefeitura de Manaus