Prefeito de Manaus anuncia reforma administrativa para reduzir gastos

PTB Notícias 17/02/2009, 14:38


Chegou nesta segunda-feira (16/02) à Câmara Municipal de Manaus (CMM) a mensagem do prefeito Amazonino Mendes (PTB/AM) sobre a reforma administrativa que mudará a estrutura de funcionamento da Prefeitura de Manaus.

O projeto de lei será deliberado pelo plenário da CMM e a prefeitura terá 90 dias para colocar a reforma em prática.

A ordem do prefeito é “enxugar” gastos com pessoal e com estrutura, como telefone, energia elétrica, água, material de expediente e outros.

A prefeitura terá agora 27 órgãos, sendo 19 secretarias, o gabinete Civil e mais sete órgãos da administração indireta.

Atualmente, a prefeitura tem 28 secretarias e oito órgãos entre institutos e fundações.

MudançasEntre as mudanças estão previstas a fusão da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semasc) com a de Direitos Humanos; a Secretaria Municipal de Obras, Saneamento Básico e Habitação (Semosbh) será transformada em Secretaria de Infraestrutura; a Secretaria de Meio Ambiente ira contemplar o item Sustentabilidade; a secretaria especial da prefeitura em Brasília recebará a nomenclatura de Assuntos Federativos; a Secretaria Municipal de Cultura será integrada à Manaustur.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do Portal Amazônia)