Prefeito de Santo André Aidan Ravin define regiões que receberão as UPAs

PTB Notícias 8/04/2011, 17:32


No dia em que Santo André completa 458 anos, nesta sexta-feira (08/04/2011), o prefeito Aidan Ravin, do PTB de São Paulo, determinou as regiões onde serão construídas as cinco Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), entre elas Jardim Santo André, Vila Luzita, Bangu, Centro e Sacadura Cabral.

O programa, que é uma parceria do município paulista com o Governo Federal, irá abrir, no mínimo, 72 leitos e terá capacidade para atender cerca de 1.

650 pacientes diariamente.

“É um ganho enorme para Santo André a sua implantação, pois a nossa população terá mais oportunidade de passar por um médico”, destacou o prefeito Aidan Ravin, que definiu as áreas das construções juntamente com o secretário de Saúde Nilson Bonome, o adjunto Antonio de Giovanni Neto, e a equipe técnica da pasta.

As obras iniciam no segundo semestre deste ano e as unidades serão entregues no primeiro trimestre de 2012.

O Ministério da Saúde classificou as UPAs de acordo com o número de moradores da região onde o equipamento será instalado.

A região com 50 mil a 100 mil habitantes é classificada como de porte I; com 100 mil a 200 mil habitantes como porte II e com 200 mil a 300 mil moradores como porte III.

Dessa forma, Jardim Santo André e Vila Luzita são do porte III, com capacidade para atender até 450 pacientes por dia e máximo de 20 leitos.

As unidades terão no mínimo seis médicos distribuídos entre a área da Pediatria e Clínica Geral.

Em Bangu e Centro, ambas de porte II, serão disponibilizadas 12 camas e acomodação para 300 consultas por dia.

No mínimo quatro médicos, pediatras e clínicos.

Já a unidade Sacadura Cabral será do porte I, com no mínimo dois médicos, 150 atendimentos diariamente e máximo de oito leitos.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Prefeitura de Santo André