Prefeito Duciomar Costa estreita relações comerciais entre Belém e a China

PTB Notícias 9/03/2011, 11:14


Que a China possui hoje a economia mais forte e vigorosa do planeta não é novidade.

O importante é saber como tirar proveito desse imenso mercado e explorar o potencial para geração de novos negócios com o gigante asiático.

Com esse pensamento em mente, a Prefeitura de Belém vem procurando estreitar relações comerciais e culturais com a China.

Com o intuito de firmar acordos, uma delegação formada por seis represetantes da cidade de Shaoxing esteve reunida, na última segunda-feira (07/03/2011), com o prefeito da capital do Pará, Duciomar Costa, além de empresários, entidades da indústria e do comércio, de representantes do Estado e Município.

De acordo com o representante do governo de Shaoxing, Wei Wei, há três anos esta parceria entre Shaoxing e Belém vem sendo contruída e agora é o momento de firmar os acordos que beneficiarão as duas cidades.

Segundo Wei, a China tem interesse em estabelecer as indústrias e a economias locais instalando empresas e colocando a disposição de empresários intercâmbios para o crescimento dos negócios da capital paraense.

O prefeito de Belém, o petebista Duciomar Costa, recebeu a comitiva e falou sobre a relação entre ambos os municípios.

“Shaoxing é uma grande cidade chinesa e tem muito a ensinar a Belém.

Nós, com certeza, estamos apredendo muito com este convênio de “cidades irmãs” e pretendemos fortalecer ainda mais a nossa economia com geração de emprego, renda e turismo”, disse Duciomar.

Ano passado uma delegação formada pela Prefeitura de Belém esteve em Shaoxing e conheceu o potencial econômico da cidade.

De acordo com Duciomar, investimentos em diversos setores surgirão a partir desta parceria, o principal será a indústria e o turismo.

O titular da Belémtur, Wady Khayat, também participou do encontro e falou aos representantes da China sobre as atrações turísticas e beleza naturais que Belém, como uma das grandes cidades da Amazônia, tem a oferecer.

Ele propôs o incentivo direto em agências de turismo chinesas para que o viajantes daquele país sejam estimulados a conhecer a capital do Pará.

Wei afirmou que boa parte dos chineses que vão para o exterior viajam para a América do Norte ou para a Europa.

Porém, com o avanço desta parceria, Belém entrará no roteiro de viagens.

Shaoxing fica a 150 km de Xangai, o maior centro financeiro da China.

É uma das cidades mais antigas do país, com cerca de 2.

500 anos.

Além de ter um centro histórico que é atração turística, o município é bem desenvolvido, com um parque industrial de 500 km².

As principais mercadorias são roupas e tecidos, que são exportadas para todo o mundo.

A comitiva chinesa levará consigo propostas de investimentos em diversos setores e pretende em breve iniciar projetos em parceira com os paraenses.

Também participaram do encontro representares da Paratur, Sebrae/PA, Conjove, Associação Comercial, CDL, ADVB/PA, FAEPA, Fecomércio, Trade Turístico, IDESP, CME e Aspas.

fonte: site da Prefeitura de Belém (PA)