Prefeito Duciomar Costa inaugura academia ao ar livre em Mosqueiro (PA)

PTB Notícias 25/07/2011, 22:01


A ilha do Mosqueiro ganhou no último final de semana, a sua primeira academia ao ar livre, instalada na praça da Matriz, na Vila.

Logo após a placa de inauguração ser descerradas pelo prefeito Duciomar Costa, do PTB do Pará, a academia já estava lotada de veranistas e moradores da ilha, como Neuza Oliveira, de 48 anos.

“Experimentei os equipamentos e achei fantásticos.

Agora vou poder fazer alguns exercícios e perder uns quilinhos”, disse.

“É incrível a quantidade de pessoas que se exercitam em Belém.

Vemos as praças da nossa cidade lotadas de pessoas caminhando e se exercitando.

A prefeitura de Belém não podia deixar de incentivar que todos cuidem de sua saúde e por isso estamos entregando mais uma academia, de outras que estão para serem entregues”, disse o prefeito petebista.

O projeto da Prefeitura já foi instalado em outras vias de Belém e agora chega pela primeira vez a um balneário do município.

A academia conta com 25 aparelhos de musculação, que beneficiam os músculos superiores e inferiores do corpo, entre eles, o simulador de caminhada sem impacto; a roda de ombro; a extensão lombar; o twisth triplo; o elíptico mecânico; o remador; a extensão lombar, etc.

Como os equipamentos são destinados ao público adulto, o município instalou alguns brinquedos para as crianças também poderem se divertir.

Entre eles estão balanços, vai e vem e gangorra.

“A academia não é apropriada para crianças.

Por isso, implementamos alguns brinquedos para as crianças se divertirem e termos a diferença entre a academia e os brinquedos”, explicou o secretário municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), João Amaral.

O projeto Academia ao Ar Livre tem o objetivo de possibilitar que pessoas sedentárias, ou que nunca praticaram nenhuma atividade física, possam começar a praticar exercícios diariamente.

Além de agregar o lazer ao esporte, contribui ainda, para a melhoria da qualidade de vida.

“Estamos oferecendo qualidade de vida para a população.

Os equipamentos melhoram a postura e a coordenação motora.

Vamos inaugurar mais academias em outros bairros da nossa cidade”, ressaltou.

No cronograma da Sejel estão previstas as entregas de outras nove academias públicas, sendo no bairro Guamá, no Conjunto Médici, na Marambaia e em Icoaraci.

Cada Academia Ao Ar Livre de Belém recebe em média 21 equipamentos.

Ao todo, quatro academias já foram implantadas na cidade: na Av.

Rômulo Maiorama (antiga 25 de Setembro); na Praça Brasil; na João Paulo II (antiga 1º de Dezembro), e na Av.

Marques de Herval.

“Fazer uma academia como essa é melhor do que a prefeitura sair na rua distribuindo comida”, disse Dilma Pereira, de 51 anos, moradora de Mosqueiro, comparando com possíveis ações paliativas ao invés de uma academia que garante saúde à população.

“Sempre faço caminhada e me exercito.

Com essa academia vou poder melhorar meu desempenho nas atividades”, completa.

Vistoria no Hospital de MosqueiroAntes da inauguração da academia ao ar livre, Duciomar Costa visitou o Hospital Municipal de Mosqueiro, acompanhado pela secretária municipal de saúde, Sylvia Santos.

“Fomos checar o desenvolvimento da obra, onde um pedaço do telhado desabou, e a revitalização do bloco dois do hospital, que inclui duas enfermarias masculinas, obstetrícia, isolamento, bloco cirúrgico e enfermaria feminina”, contou a secretária.

Em julho, a capacidade do hospital chega a triplicar.

São cerca de 300 atendimentos por final de semana.

“Dobramos nossa equipe de técnicos e médicos em plantão de 24 horas, incluindo as unidades de saúde de Carananduba e Baia do Sol”, completou o prefeito.

Depois da vistoria, Duciomar Costa visitou os trabalhos dos funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – (Samu 192), que realizam orientação e prevenção para as crianças que estão aproveitando o período das férias na Vila, em Mosqueiro.

A atividade faz parte do projeto “Samuzinho em Ação” que tem como objetivo conscientizar as crianças e a população em geral contra os malefícios do trote em relação aos primeiros socorros que o Samu realiza nas avenidas e ruas de Belém.

O trabalho educacional feito com as crianças acontece por meio de apresentações de teatros de fantoches, com a peça: “Quem passa um trote, diminui um atendimento”.

O projeto é tão bem sucedido que em agosto de 2009 estampou as páginas da revista Emergência, de circulação nacional, como exemplo de atividade empreendedora no que se pretende ao tentar aproximar a comunidade com o profissional socorrista.

As crianças visitam a ambulância escola, realizam atividades educacionais e têm a oportunidade de conhecer como é o trabalho do SAMU.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Prefeitura de Belém (PA)