Prefeito Elmano Férrer determina informatização dos cemitérios de Teresina

PTB Notícias 15/06/2010, 7:55


Todos os cemitérios de Teresina serão revitalizados e informatizados para melhorar o processo de sepultamento.

O trabalho foi definido durante reunião do prefeito da capital Emano Férrer (PTB) com os superintendentes de Desenvolvimento Urbano e Rural, diretores dos cemitérios de Teresina e diretores da Empresa Teresinense de Processamento de Dados – Prodater.

O objetivo do prefeito é melhorar as condições dos locais e investir na modernização dos processos de sepultamento.

Para Elmano é necessário começar a reorganizar a estrutura administrativa dos cemitérios para melhor atender a população.

“Estamos reunindo todas as pessoas que trabalham direta ou indiretamente com os cemitérios para levantar as principais necessidades.

Com isso, iremos montar um plano de execução.

Elmano destacou que todos os registros de sepultamentos passarão a ser feitos de forma digital para melhorar o controle e acompanhamento da ocupação nos cemitérios.

“A Prodater irá analisar o funcionamento atual e criar um programa de gestão.

Ele irá nos ajudar a reorganizar o sistema”, informou, garantindo que os cemitérios também recberão investimentos para a construção de áreas administrativas.

O superintendente executivo da SDU Centro/Norte, Vicente Moreira, declarou que a Prefeitura irá montar um esquema especial de iluminação, limpeza e segurança para os cemitérios.

“Atualmente possuímos muitos problemas, porque vândalos roubam os fios, lâmpadas, e até túmulos nos cemitérios.

Iremos tomar providencias para que isso seja resolvido”, disse Vicente.

Os cemitérios de Teresina, tanto da zona Urbana como Rural terão novas salas administrativas, móveis e estrutura para a coordenação dos locais.

Juntamente com isso, serão traçadas estratégias para aumentar o atendimento a pessoas carentes.

A intenção é fazer com que as pessoas que não possuem condições de bancar um sepultamento, encontrem na Prefeitura ajuda para a execução deste serviço.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Portal TV Canal 13