Prefeito Johnny Lehmann recepciona embaixador do Japão em Rolândia (PR)

PTB Notícias 16/03/2015, 17:16


O embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda, visitou o Museu Histórico da Imigração e Colonização Japonesa no Paraná, em Rolândia, na sexta-feira (13/3/2015).

Umeda foi recepcionado pelo prefeito Johnny Lehmann (PTB) e por membros da colônia japonesa local.

O embaixador estava acompanhado do cônsul-geral do Japão no Paraná, Toshio Ikeda.

Umeda e Ikeda chegaram ao Parque do Japão pouco depois das 15h.

Sempre ao lado da esposa, Keiko, Kunio Umeda conheceu as peças e fotos expostas no Museu da Imigração.

Depositou um vaso de flores no Monumento aos Pioneiros – e nele orou.

E, em frente ao museu, cuja entrada está guarnecida por uma cerejeira, a árvore símbolo do Japão, Umeda plantou uma muda de ipê, árvore nativa do Brasil.

Johnny Lehmann presenteou o embaixador e o cônsul-geral do Japão no Paraná com réplicas da estátua de Roland e exemplares da revista institucional do município.

Este foi o segundo encontro do prefeito petebista com o embaixador no mesmo dia.

Pouco antes, em Londrina, Johnny Lehmann compôs a mesa de honra do almoço oferecido pela Aliança Cultural Brasil-Japão ao embaixador.

O evento lotou o salão de festas da Aliança.

Também compuseram a mesa de honra o prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD); o presidente da Câmara Municipal, vereador Fábio Testa (PPS); o deputado federal Luiz Nishimori (PR); o deputado estadual Tercílio Turini (PPS); o coordenador da Região Metropolitana de Londrina, Victor Hugo Boselli Dantas; o representante da superintendência regional da Caixa Econômica Federal, Antônio Minuk; e os presidentes de honra da Aliança Cultural, Atsushi Yoshii, Takumi Shimada e Seichi Kamiguchi.

O almoço na Aliança Cultural e a visita do embaixador ao Museu em Rolândia fizeram parte do início das comemorações do centenário da imigração japonesa no Paraná e dos 120 anos do Tratado de Amizade entre Brasil e Japão.

Em seu discurso, em japonês, o embaixador Kunio Umeda homenageou duas personalidades japonesas que fizeram história no Brasil: a artista plástica Tomie Ohtake – que morreu há um mês, em São Paulo – e a Haruo Ohara, agenciador da Companhia de Terras Norte do Paraná que registrou, em fotos, o início da colonização na região.

“É um orgulho receber em Rolândia a autoridade maior do Japão no Brasil e também participar de um evento comemorativo como esse”, afirmou o prefeito Johnny Lehmann.

“Sem dúvida, a história de Rolândia, do Norte do Paraná e do Brasil não seria a mesma sem a dedicação e a disciplina dos imigrantes japoneses, que muito contribuíram para o desenvolvimento da nossa cidade e do nosso país.

“Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Prefeitura de RolândiaFoto: Divulgação/Prefeitura de Rolândia